Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Prestando serviços com muito prazer

Nunca fui uma pessoa dentro dos padrões. Nunca fiz questão de ser a mais bonita, a mais bem vaidosa, mas confesso que sempre chamei a atenção pelo meu charme e pela minha capacidade de conquistar as pessoas. E aprendi a usar isso a meu favor.
Minha mais recente descoberta foi ao parar em uma boate de programa. Sim, uma boate super conceituada, com universitárias, modelos e muitas mulheres parecidas. E lá fui eu, a mocinha de 1.62m, morena, bocão, cabelos curtíssimos e um corpo mignon, que estava melhorado após uma turbinada nos seios.
Notei um homem bem vestido, terno caro e boa aparência. Notei também que todas as garotas que tentavam sentar com o mesmo, eram dispensadas em menos dee 30 segundos. E lá fui eu. Fiquei surpresa, ele falava muito bem português, mas era notável que seu idioma nativo era espanhol. Perguntei se os shows o agradavam, se a música o agradava e garanti que se conversasse comigo ele iria pelo menos dar boas risadas. E ele pediu para que por favor eu sentasse. Entre uma conversa e outra, uma negociação rápida e objetiva, já me vi em seu quarto de hotel (muito chique por sinal).
Um homem solteiro de 35 anos que sabia o que estava fazendo. Percorreu cada centímetro do meu corpo com os lábios e a língua, sem nenhuma pressa. Confesso que por ser minha primeira experiência envolvendo grana me fez ficar apreensiva, querendo mostrar mais serviço, e ele calmamente repetia "relaxa, quero desfrutar do seu gosto". UAU. Ele conseguiu me fazer gozar com palavras. E nisso, me levou para o banheiro, jogou todas as coisas da pia no chão (sim, me senti em um filme), me sentou e voltou todas as atenções para mim. Quando me penetrou, foi uma loucura. Rápido, intenso, e com um desejo tão grande que me contagiou. Aquela altura do campeonato, não sabia se eu era a personagem que havia criado ou a minha identidade habitual.
Foram momentos intensos.
Ele me pagou, pediu meu telefone e prometeu ligar assim que voltar.
Assim espero, pois tomei gosto pela coisa graças ao espanhol atencioso.

Sobre este texto

Alice

Autor:

Publicação:2 de julho de 2011 01:30

Gênero literário:Depoimento erótico

Tema ou assunto:Fetiches

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Este texto foi lido 1.914 vezes desde sua publicação em 02/07/2011. Dados do Google Analytics

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

  • Emerson
    Postado porEMEJUSTAem11 de dezembro de 2013 17:21
    EMEJUSTA é um autor no História Erótica

    Oi linda adorei seu conto.
    Leia os meus.
    EMEJUSTA.
    Bjus.

  • Célia
    Postado porCélia em12 de agosto de 2011 17:13

    Não dei sua sorte, mas uma vez fui para uma avenida onde as Meninas fazem ponto. Me vesti a caráter e dois carros pararam. Dei atenção e entrei no terceiro. Era meu marido, ele tem cada fantasia rsss

  • Paulo
    Postado porPauloem2 de julho de 2011 14:29

    Adorei seu texto, sensual,rápido e leve. Espero ler em breve novas "aventuras".

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*