Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Saudade de Você

O carro acelerava na estrada noturna, rompendo o silêncio da madrugada escura. A vontade de te encontrar era mais forte que tudo, incontrolável. Depois de tanto tempo longe, eu só queria te dizer tudo o que eu sentia.
Meu coração batia rápido, num ritmo descompassado, meus olhos brilhavam de esperança, e um sorriso enfeitava meu rosto. Não conseguiria descrever o que eu estava sentindo no momento.
Chegando na frente de sua casa, respirei fundo, e abri a porta. Você estava lá, linda como sempre. Sorriu ao me ver, e eu quase chorava. Corremos de encontro uma a outra, e demos um longo abraço. Nossas lágrimas rolavam de nossos rostos, sem medo, sem vergonha.
Em meio a esse abraço, sussurrei em seu ouvido que eu estava com muitas saudades, e você era tudo o que eu precisava para me sentir completa. Não conseguia respirar direito, seu abraço apertado era tão quente, que eu não queria soltar nunca.
Nos encaramos, e você me beijou intensamente, e eu correspondi. A vontade de unir nossos corpos era tão grande, que automaticamente fomos nos dirigindo para o sofá da sala, e tirando nossas roupas. Eu estava tão estática com o contato que nem pensava direito, não conseguia me mover.
Você ficou em cima de mim, ainda me beijando, com vontade, com desejo. Mordia meus lábios, descia para meu pescoço, me arrancando suspiros. Pedi para você me chupar. Era tudo o que eu precisava sentir, tudo o que eu queria, necessitava do seu toque, sua língua, seus lábios.
Você desceu para meus seios chupando forte cada um deles, mordendo, deixando-os vermelhos, me deixando extasiada. Continuou na sua trilha por minha barriga, beijando, até chegar no ponto principal. Brincou comigo ali naquele lugar, me torturando. Implorei para que me chupasse logo, e empurrei sua cabeça de encontro a mim.
Perdi o fôlego, gritei de prazer, e não demorou muito para que eu chegasse ao orgasmo. Você sorriu, safada, olhando em meus olhos, e beijou-me novamente, deliciosamente, para que eu pudesse sentir meu próprio gosto.
Te abracei forte, e depois de virei de quatro, te dominei. Não perdi tempo, e fui direto para seu sexo encharcado. Coloquei minha língua com força lá dentro, e você gemia, o que me dava mais vontade de continuar.
Depois do seu primeiro orgasmo, te virei e te beijei novamente. Apertei seus seios, e percebi que você ainda não estava satisfeita. Desci com minha mão até seu sexo novamente e fiz movimentos de vai e vem lentos em seu clitoris, até te penetrar com dois dedos. Continuei te beijando e investi com estocadas fortes. Mordi seu pescoço deixando uma marca, e nisso você gozou, gritando meu nome.
Nos viramos uma de frente para a outra, e nos encaramos. Sorrimos e nos beijamos sem pressa, com carinho, com amor, e satisfeitas. Ficamos deitadas no sofá trocando carinhos, até dormirmos, e o sol da manhã aparecer.

Sobre este texto

Amanda Arndt

Autor:

Publicação:10 de abril de 2012 08:29

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Lésbicas

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Este texto foi lido 800 vezes desde sua publicação em 10/04/2012. Dados do Google Analytics

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

  • jo de oliveira
    Postado porjo de oliveiraem28 de dezembro de 2014 23:51

    Muito lindo este conto parecia q estava lendo meus pensamentos viajei profundamente nos meus pensamentos amei muito boa bjssss

  • Pablo
    Postado porPabloem14 de março de 2013 22:23

    Gostei muito do conto Amanda...Parabéns e deliciosas sacanagens !
    Pablo

  • José Abisolon Silveira
    Postado porMamífero Ordinárioem10 de abril de 2012 18:49
    Mamífero Ordinário é um autor no História Erótica

    Amanda, seus contos são foda. Parabéns! ;)

  • Celia Maraguagi Pereira
    Postado porCelem10 de abril de 2012 16:24
    Cel é uma autora no História Erótica

    Gostei muito, uma delícia... Dá uma dorzinha no... peito.

  • Kirsche
    Postado porKirscheem10 de abril de 2012 11:30

    Objetivo e inspirador. Gostei bastante e espero os próximos (:

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*