Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

ME ENCONTRE NO 104

ME ENCONTRE NO 104.
Era mais um día qualquer do meu cotidiano. Estava em casa, sozinho, cheiroso e cheio de tesão. Como não tinha nada planejado para esta noite, resolví entrar em uma rede social de relacionamento.
Após alguns minutos havia localizado o perfil de uma bela loira, 1.60m de altura, 64kg, olhos azuis, belas pernas, um sorriso convidativo ao prazer. E para minha alegría a mesma estava on-line. Então me atrevi a mandar um:
– Boa noite! Tudo bem con você?
Demorou uns 10 minutos, mas, enfim, respondeu:
– Boa noite, lindo!
Isso já me deu um gás a mais para continuar o bate-papo.
H – O que planeja para esta bela noite de sábado?
M – Ainda nada. Estou aquí morrendo de calor, mas estou aberta a propostas.
H – Bom. Uma bela mulher como você deve está com inúmeras propostas.
M – Que nada. Kkkk
H – Eu adorei teu perfil. Se eu fizer uma proposta posso ser taxado como tarado.
M – Tarado? Adoro!!!
H – Gosta?!!
M – Com certeza!!!
H – Muito bom.
M – Então?
H – Posso ir a sua casa?
M – NÃÃO!!! Meu marido não iria gostar!! Kkkk
H – Hum... Casada. Gostei ainda mais.
M – Sim... Mora sozinho?
H – Sim.
M – Posso ir ao teu encontro se quiser.
H – Claro que quero.
M – Então me passe seu endereço.
H – Me encontre no Condomínio Tentação, Apartamento 104.
M – OK. Até daqui a pouco.
H – OK. Até!!
E como prometido, logo ouvir o elevador chegar ao meu andar.
Abrir a porta somente de calção. E para minha surpresa, ela estava somente com um sobretudo.
Eu disse: – Oi.
- Ela me puxou para fora do apartamento e me jogou na parede. Dando-me um beijo quente.
- Chupava minha língua com um tesão tamanho que a cabeça do meu pau já estava toda melada.
- Ela estava faminta por sexo. E eu também.
- A sentei na escada e abrir suas pernas. Comecei beijando dos dedos até o chegar na buceta. Pense numa buceta!! Pequena, Lisinha e com belos lábios.
- Quando enfiei a língua dentro buceta dela engolir todo aquele tesão.
- Toda a musculatura da buceta dela pulsava. Isso só me dava mais vontade de continuar chupando-a.
- Ela gozava na minha boca e meu pau cada vez ia ficando mais duro. Os vazos já estavam todos grossos.
- Quando derrepente ela puxa meus cabelos, levantando minha cabeça. E ainda sem falar nada.
- Desceu dois degraus e baixou meu calção.
- Meu pau já estava tão melado que já tinha uma gota de esperma na ponta.
- Então ela pegou essa gota com a pontinha da língua.
- Aí falou pela primeira vez: Delícia!!!
- E enfiou a boca no meu pau.
- Que boca suculenta.
- Ela usava a língua como uma cobra se enrola na sua vítima. Era fabuloso o tesão que estavamos sentindo.
- Após longos 30 minutos recebendo um dos melhores boquetes da minha vida. Resolvemos entrar no meu apartamento.
- Sentei no sofá e ainda recebi alguns minutos daquela boca em meu pau.
- Depois ela ficou de pé no sofá e esfregou a buceta em todo o meu rosto.
- Ela desceu até meu ouvido e disse: - Me fode!
- A joguei no sofá.
- Bati meu pau encima da buceta dela.
- E começei a enfiar.
- Parecia que estava enfiado meu pau em puro algodão. De tão macia e excitante que era aquela buceta.
- Logo a levei para o quarto. Ela não se deitou. Ficou em pé encima da cama e eu a acompanhei. A coloquei de costas para mim. Então ela colocou as mãos no vidro da janela enfiei meu pau naquele cuzinho apertado.
- Ela rebolava e gemia.
- Aí ela voltou a falar, mas em gritos: AIIII, EU VOU GOZAAAARRR. ENFIA MAIS FORTE ESSE PAU NA MINHA BUNDA.
- E como ela pediu eu fiz.
- Então ela gozou uma, gozou duas, gozou três vezes.
- Quando eu estava chegando ao gozo. Ela se ajoelhou e começou a mamar meu pau novamente.
- Ela sugava tudo.
- E enfim gozei – Aaaaaah!!!
- Ela colocou todo o meu gozo dentro daquela boca maravilhosa.
- Fomos juntos para o banho. E trocamos mais carícias.
Então ela disse:
M – A meses eu não transava tanto.
H – E seu marido?
M – Ela não mata meu fogo. Kkkk
H – Estarei aqui sempre que precisar apagar.
M – Que bom! Kk
M – Eu já vou!
H – Já?
M – Sim!! O remédio que coloquei para meu marido já vai passar o efeito. Pois já estou aqui há 4hs.
H – OK. Entendo.
M – Com certeza terá próxima.
E nos beijamos. E assim ela se foi.

Sobre este texto

Coração Dominador

Autor:

Publicação:24 de janeiro de 2016 16:49

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Heterossexual

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 24/01/2016.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*