Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Virei atriz pornô

Queridos, estou de volta para mais um conto sobre uma das minhas aventuras que aconteceu recentemente.
Como sabem, eu e meu marido, apesar de nos amarmos muito, sempre tivemos uma ‘relação aberta’, ele participando algumas vezes, outras não, das minhas transas.
Mas ele sempre dizia que morria de ‘tesão’ sempre que eu lhe contava alguma de minhas ‘peripécias’ e implorava sempre, que eu lhe chamasse para participar das minhas aventuras.
Como ele trabalha na capital e eu no interior, como sabem, fica muito difícil. Nos vemos apenas nos finais de semana, tornando inviável que ele participe.
Lógico que muitas vezes, eu sempre transava com o Vander (meu macho de plantão) em frente a webcam e deixava meu maridão assistindo pelo skype, enquando se masturbava. As vezes ele até pedia para fazermos algumas posições que ele mais gostava de me ver sendo possuída.
Mas em um final de semana, ele estava na minha cidade e entre nossas conversas picantes, ele dizia que sentia muita saudade de mim e gostaria de ter alguma coisa minha para matar a saudade.
Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.
No começo não concordei, afinal, nunca permiti filmes, fotografias, absolutamente nada nas minhas transas, pois sempre tive medo de que pudesse cair em mãos erradas e vocês sabem, parar na internet.
Mas ele me acalmou, me mostrou um software que ele utilizava na empresa que trabalha, onde ele colocava uma senha de 10 digitos (letras e números) e que ficava em absoluta segurança. Ele disse que apenas ele teria a senha e se alguém roubasse o filme, era quase impossível ser destravado.
Amo muito meu marido e depois de me divertir muito sozinha, achei que ele merecia ter uma de suas fantasias realizada.
Perguntei quem seria o outro ‘ator’ ou ‘atores’, e ele me disse que já tinha tudo preparado e que eu não precisaria me preocupar com nada.
No outro dia, logo de manhã, percebi que ele já tinha levantado e saído. Tomei meu café da manhã, tomei um banho, quando meu celular tocou.
Você tem uma filmagem para daqui a 20 minutos, venha imediatamente para o seu escritório. As suas roupas estão sobre o criado mudo, disse meu marido com a voz safada.
Sobre o criado, estava as roupas que ele tinha escolhido. Ele tinha escolhido um top estilo nadador e uma mini-saia jeans azul. Me vesti, peguei meu carro e sai em direção ao escritório.
Parei o carro e fui imediatamente a porta quando meu marido saiu, já com a câmera em mãos. Fiquei um pouco envergonhada e pedi para que entrasse logo no escritório, pois não queria que ninguém percebesse.
Hoje minha putinha vai virar atriz pornô… vai foder bastante para mim, não vai minha putinha? dizia ele.
Ele sorri e comecei a dançar sensualmente diante da câmera, passava as mãos sobre os seios, coxas e rebolava diante dele.
Aquilo estava me deixando excitada demais e percebi que ele também estava adorando a situação.
Nisso ele fez um sinal com as mãos e dois rapazes apareceram. Eles estavam sem camisa e usavam apenas uma bermuda. Eles eram bonitos, altos, musculosos e depois vim a descobrir que eles faziam parte destes ‘clube de mulheres’, onde os rapazes tiram a roupa para a mulherada.
Meu marido deve ter gasto uma grana com eles, mas não me preocupei. Imediatamente começaram a dançar a minha volta e passar as mãos pelo meus corpo. Quando roçavam em mim, pude sentir seus membros enrijecidos por baixo das bermudas.
Nisso, meu marido, pediu para que fossemos para um jardim de inverno que fica nos fundos do escritório. Os dois meu pegaram no colo e me carregaram até lá. Quando me colocaram no chão, já me ajoelhei para conferir o que eles guardavam sobre as bermudas. Abaixei uma por uma, e pude ver dois membros deliciosos diante de mim.
Comecei a sugá-los com vigor…. meu marido dava closes com a câmera no meu rosto para focar aqueles pênis enormes entrando na minha boca.
Um deles puxou minha blusa, exibindo meus seios. Nisso meu marido pediu para que os dois chupassem eles. Um em cada mamilo, eles abocanharam e chupavam….
Morde eles, rapaziava… faz essa putinha gemer. ordenou meu marido.
Nisso senti os dentes deles nos meus seios e soltei um grito de dor , mas estava excitada com aquilo e segurei a nuca deles para que não saíssem dali.
Um deles, rapidamente abaixou minha minisaia e minha calcinha e enfiou a língua na minha bucetinha. Ele chupava deliciosamente, afinal era um profissional, e cheguei a gozar na sua boca.
Come ela do jeito que eu falei para vocês - disse meu marido.
Um deles, me segurou pela cintura e me forçou a inclinar o quadril para trás. Coloquei as mãos no joelho para me equilibrar.
Seu pênis foi entrando vagarosamente dentro de mim, quando estava todo dentro, me marido, pediu que o outro enfiasse o pênis na minha boca.
Então, eles começaram a cena… um estocava por trás, enquanto outro estocava pela frente. Admito que aquela posição não era das mais confortáveis, mas vendo meu marido excitado, segurando aquela câmera, me deixou com mais tesão ainda.
Ele pingava de tanto suor que saia de mim, quando aqueles dois machos me possuíam. Já estávamos exaustos, quando meu marido pediu para que fossemos até o sofá.
Um deles se sentou no sofá e pediu que eu sentasse no seu colo. Meu marido pegou um vidrinho de gel e melou meu cuzinho.
Vai vadia, quero ver o cacete entrar no seu rabo gostoso… senta na pica dele, senta...dizia meu diretor.
Sentei com um pouco de dificuldade, mas senti quando a glande do pênis, me invadindo por trás. Ele me segurou pela cintura e foi me puxando até que eu estivesse totalmente preenchida. Aquilo ardia um pouco, mas comecei a cavalgar naquela pica, que entrava e saía do meu ânus.
Nisso o outro rapaz me deitou sobre o corpo do outro e se preparou para me possuir pela frente. Ele foi enfiando ferozmente seu membro dentro de mim. Uma DP sensacional. Agora estava totalmente preenchida pelos dois que estocavam para valer em mim, quando meu marido filmava aquilo tudo.
Senti o jorro quente deles depois de algum tempo, quando finalmente terminamos as filmagens.
Meu marido dispensou os rapazes que se vestiram e foram embora. Estava nua na cozinha tomando água, quando meu marido adentrou.
Ele me deu um beijo e disse que me amava muito por ter realizado aquela fantasia para ele. Nisso eu o levei para a sala, deitei nua sobre o tapete felpudo, abri minhas pernas e disse.
Agora é sua vez de aproveitar a atriz pornô…
Ele abaixou as calças, tirou a camisa e enfiou seu pênis dentro de mim. Começou metendo forte e com vigor, até gozar loucamente.
Hoje sempre que nos falamos pelo skype, ele sempre diz que não cansa de assistir meu filme, e que se masturba pra valer vendo.
Falou que eu teria futuro no negócio.
Espero que tenham gostado. Comentem amores.

Sobre este texto

Crisalli

Autor:

Publicação:4 de janeiro de 2015 22:58

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Encontro a Três

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Este texto foi lido 1.688 vezes desde sua publicação em 04/01/2015. Dados do Google Analytics

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

  • Enderson
    Postado porEndersonem22 de fevereiro de 2015 22:33

    Gostei do texto mas queria saber mais sobre você, tem uma página com seu perfil e fotos?

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*