Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Meu tio e eu

Meu tio e eu
Vou contar algo que aconteceu comigo a um tempo atrás. Foi uma experiência e tanto espero que gostem.
Vamos começar com a apresentação, pois acho importante. Meu nome é Matheus, tenho 17 anos faltam sete dias para os 18, tenho a pele clara olhos bem pretos cabelos castanhos claros com um corpo bonito, magro, 1,76 de altura e não querendo me gabar as pessoas me acham muito bonito. Moro em uma pequena cidade no interior do estado de Santa Catarina, moro em um prédio familiar, possui apenas um andar com quatro apartamentos onde moram: Minha avó e meu avô, meu pai minha irmã eu e minha mãe, minha madrinha e meu tio, e em outro o meu padrinho, fechando os quatro apts. Estávamos programando uma viajem juntos algum tempo, a família é bem unida e gostaríamos de passar um tempo viajando, estávamos nos programando para ir até Foz do Iguaçu, no Paraná. Durante um ano foram feitos os ajustes, locação de um pequeno ônibus (uma van), orçamento da casa onde passaríamos cerca de 10 dias, tudo programado nos mínimos detalhes. Um dia antes de viajarmos eu meu tio e meu pai fomos ao mercado, comprar tudo o que era necessário para a viajem, ao menos para passar os primeiros dias, meu tio tomou o volante meu pai se sentou na frente e eu no banco de trás apenas observando os homens bonitos que apareciam de tempo em tempo. Fomos para o mercado e meu pai fora para a fila da panificadora enquanto meu tio e eu íamos de prateleira a prateleira pegando 1kg de açúcar, 2 latas de Nescau...
- Então Matheus, já pensou se vai entrar na faculdade este ano?
-Puts tio, não sei, ainda estou meio indeciso.
-Pensa com calma não precisa se afobar não, siga o que você tem como objetivo não se importe muito com o que os outros pensam.
Meu tio sempre me apoiava em tudo, e ele tinha uma enorme curiosidade sobre o mundo gay, algumas vezes me perguntara sobre coisas que me deixaram sem graça. Certa vez durante o banho me perguntou se eu já tinha me relacionado com outros homens, como era a sensação. Ele dizia que era “gay”, mas segundo ele ser gay não significava ficar com outros homens ( coisa que ele não fazia), e confesso a vocês ele me deixou confuso até hoje, ainda não seio que ele quis dizer com isso.
Enfim, vamos voltar ao que interessa desculpe, pois me emociono nas palavras:

Preparamos-nos e seguimos viajem, durante 8 irritantes horas dentro de uma mini van com parentes gargalhando, gritando, contando piadas horríveis, crianças chorando, o inferno!
Logo que chegamos arrumamos toda a casa, tinha uma grande sala, 5 quartos 2 banheiros, as paredes eram de um tom marrom e a casa era um local bem aconchegante.
Descansamos o primeiro dia e no segundo dia fomos conhecer a cidade, todos menos o meu tio, queria descansar mais em casa. Depois de muita discussão com minha madrinha, saímos de casa para a rua e fomos dar uma volta em um parque próximo, era um local muito bonito, com pessoas correndo, pessoas incrivelmente bonitas correndo também, ficamos sentados por lá fazendo um piquenique com as crianças até o anoitecer e voltamos para a casa. Ao chegarmos meu tio estava travado, não da para notar muito ele fica como se estivesse normal a única diferença é que ele transpira demais e faz umas piadas muito escrotas além de ficar mais feliz, mas o seu corpanzil nem aparenta ficar tonto. Minha tia ia começar a gritaria quando minha avó interviu e mandou ela para dormir em outro quarto e deixou meu tio sozinho. É claro que eu me voluntariei para dormir no mesmo quarto, o homem era bonito, e não era só isso que me deixava excitado, ele era muito machão, era moreno, careca, com braços fortes e malhados, tinha 1,78 de altura, infelizmente nunca o vi pelado, mas eu imaginava que o que ele tinha por baixo daquela roupa era grande. Ninguém quis preparar a janta aquela noite, então, fomos todos para a cama cedo. Fui para o banheiro escovar os dentes e coloquei meu calção de pijama apenas a noite estava quente, quando voltei para o quarto meu tio estava usando apenas uma cueca Box virado de barriga para cima com as mão atrás da cabeça.
-Boa noite tio
-Boa noite, vai dormir comigo esta noite?
-Me obrigo!
Fechei a porta desliguei a luz e deitei ao seu lado, logo começou a fazer algumas perguntas estranhas novamente, como era beijar outro homem? Sua tia e eu estamos em uma fase difícil, só estou com ela por conta de nossa filia, se não já tínhamos separados, não fizemos sexo a cerca de uns 3 meses não aguento mais...
Depois de muito papo ele estava virado de lado para mim e parecia estar cochilando, então me virei de costas e fechei os olhos. Milhares de pensamentos impuros rodaram em minha mente, ele era gostoso, não era de meu sangue, até mesmo os gregos homens faziam sexo entre eles para ter mais afinidade para as batalhas. Mas logo parei aquilo provavelmente jamais iria acontecer, mas logo me peguei com uma vontade louca, estava a apenas alguns centímetros de distancia do meu traseiro e de seu pau, nossa eu estava muito necessitado, e ele estava bêbado o que custa não é mesmo? Cheguei um pouco para trás e mais um pouco e logo eu sentia minha bunda encostada naquele órgão que me parecia delicioso, nossa, cheguei um pouco para trás e senti ainda mais, minha bunda estava chorando, implorando, eu estava com um tesão imenso.
- Pô Matheus! O que você ta fazendo?
-Desculpa tio eu não...
-Putz garoto me deixou no maior tesão, e agora? Como vou abaixar isso?
-Desculpa tio eu não tinha noção eu tava sonhando eu acho, não sei...
Então ele abaixou a calça e eu vi, nossa que delicia de mastro, aquilo era uma delicia! Aquilo era o sonho de todo gay, ali pertinho de mim.
-Vira e abaixa o short.
-O o o que??
-Você ouviu se quer tanto, vira to morrendo de vontade de comer alguém e você não me escapa hoje.
Virei meio apreensivo e abaixei o short, eu não poderia negar aquela chance única de ser fodido por um hetero e ainda mais meu tio, nossa!
Ele cuspiu e foi colocando aos poucos, foi a pior dor que já senti na vida!
-Coloca com calma por favor! Vai de vagar... Ahhh
-Ssshh! Ninguém pode ouvir fica quietinho que o titio vai comer você quietinho ouviu?
Estava doendo muito ele colocou aquilo tudo com calma até eu sentir os vários pentelhos que cobriam o seu saco, nossa aquilo era bom de mais, era uma mistura de dor e prazer que não existe descrição. Ele deitou completamente em cima de mim, e quando pensei q ele havia dormido começou um movimento vai e vem e gemendo baixinho perto do meu ouvido.
-Gostando do titio ta? Titio vai fuder o cuzinho seu até derramar meu leitinho lá dentro. Quer o leitinho do titio quer?
- Quero tio ai vai não para, aii !Ahhh...
A velocidade foi aumentando e depois de um tempo meu tio agarrou meu pescoço com as duas mãos e enfiou muito forte 5 vezes, senti aquele gozo, aqueles jatos ferventes pareciam tocar meu intestino, era muito delicioso, meu deus eu queria gozar e ao mesmo tempo me esconder de vergonha, acho que meu tio sentiu o mesmo pois saiu de cima de mim se vestiu e dormiu.
Mal pude falar virei de lado com muita vergonha e adormeci sem mesmo gozar, quando o dia raiou tudo parecia normal novamente, não tocamos naquele assunto nunca mais, e até hoje agimos naturalmente como se nada tivesse acontecido.

Sobre este texto

DemonPanda

Autor:

Publicação:9 de março de 2015 00:11

Gênero literário:Depoimento erótico

Tema ou assunto:Gays

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Este texto foi lido 5.164 vezes desde sua publicação em 09/03/2015. Dados do Google Analytics

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

  • Novato
    Postado porNovatoem9 de março de 2015 03:31

    Cara fiquei mt excitado, q pena q ñ tenho um tio desses.

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*