Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Sex on the Beach

Sex on the Beach
Era um belo dia de verão e meu namorado e eu decidimos ir à praia. À caminho do litora, começou a safadeza dentro do carro. Eu já havia colocado biquíni, e estava pronta para entrar no mar. Ele só com uma bermuda!

Minha intenção era provocar ele … Fazer ele ficar de pau duro .. Então, comecei a me tocar, tocar ele, beijar, lamber, acariciar .. Ele ficava estressado porque precisava se concentrar na serra, mas eu não deixava!

Tirei o pau dele pra fora, e fiz um boquete de primeira … Lambia, sugava, chupava com intensidade, quando ele estava quase gozando, parava, diminuía a intensidade .. Fiz isso por uns 20 minutos, ate que sem avisar, ele gozou na minha boca!!! Nos quase batemos o carro!!!

Bom, chegamos na praia.. E para nossa alegria, não tinha quase ninguém! Fomos para o mar, e dentro da água, ele começou a me pegar por trás, me masturbar, colocar o dedo dentro de mim .. E eu estava ficando maluca de vontade ……. Ele puxou a parte de cima do meu biquíni, e começou a apertar com força meu peito…

Tirou o pau pra fora, e tentou penetrar meu cuzinho .. Porem é obvio que não ia dar certo.. Era mais pra brincar mesmo .. Porem, mal sabiamos que estavamos sendo observados!

Antes de continuar com o conto, quero deixar uma observação … Sempre tive uma tara por morenos, negros, mulatos .. Tesão ao extremo .. Meu namorado sabia disso, porque sempre que passava um “negao” alto, forte, eu praticamente babava!! Sonhava em transar com um, e 98% dos meus sonhos eróticos era com negão! Ele nao gostava, mas era a realidade !!

Voltando ….

No meio de toda nossa brincadeira, tinha um homem de uns 35 anos nos observando.. Negro, alto (1,90 +/-), forte .. Estava no mar também.. E ele viu tudo.. Meu biquíni estava levantado, minha calcinha de lado .. E ele so olhando.. Quando ele levantou, vi o tamanho do pau dele !!!!!!!!!!!!!!!!!! Imenso!!!!!!!!!!!!!!!! Ele usava uma sunga branca, e marcava cada centímetro da pica enorme dele! Fiquei sem reação .. Estava sem graça, excitada, com vergonha, tarada. Tudo ao mesmo tempo. Fiquei alguns segundos intacta, so olhando e meu namorado percebeu! Nem adiantava disfarçar mais … Ele ficou irritado, muito bravo… Então, saímos do mar..

Ele tem uma casa no litoral, e fomos direto para a casa dele… Sem nenhuma palavra, sem nenhum som no trajeto. Ele tinha muito ciumes .. E o fato de ter olhado o negão “imperdoável” pra ele.

Quando chegamos, ele abriu a porta, me empurrou para o quarto, e começamos a transar.. com violência .. Nada de preliminares, nem beijos, nem romance, nem carinho … Ele me colocou de bruços na cama, e enfiou sem dó! Eu estava com tesão desde o caminho.. Na praia, e principalmente por imaginar aquele homem negro lindo da praia e seu pau gigantesco me fodendo… Estava muito molhada.. Quase gozando.. As estocadas eram tao fortes que dava pra escutar o barulho do pau dele contra minha pele. Eu gritava, e estava prestes a atingir o orgasmo mais intenso da minha vida, quando ele parou. Tirou de dentro de mim, e gozou fora. Fiquei com muita raiva .. Minha buceta ardia de vontade ..

Comecei a me masturbar, a me tocar .. Porém, o mala do meu namorado nao deixou .. Falou que havia varias coisas a se fazer, e nao dava tempo. E, serviria como punição para a cena da praia. E ele sabe o quanto gosto de sexo. O quanto amo gozar …

Ficamos o dia todo sem nos falar. Ele com a cara fechada, trocando meias palavras, e eu com raiva por não ter gozado.

A noite fui tomar banho, e ele saiu sem ao menos me avisar. Sai do banho, coloquei um biquini, uma saida de praia, e esperei ele.. 1, 2 horas, e nada .. Resolvi dar uma volta na praia.. Sozinha mesmo.

Andava e pensava na vida .. Pensava em como poderia estar namorando um mane tão inseguro como ele, tão superficial. Pensava na possibilidade de um dia casar …… Não. Ele não seria um bom marido! Nem daria conta do recado .. Homens que costumam ter muitos ciumes também aprontam, e ele provavelmente estava aprontando no exata momento ……… Perdida nos pensamentos, nem percebi que alguem estava vindo na minha direção, correndo, e que se eu nao saisse da frente, iria parar longe. E foi exatamente isso que aconteceu!

Fui atropelada por um negro de +/- 1,90m, de 35 anos, que estava sem camisa, so com uma bermuda, correndo na praia… Ele deve ter imaginado que eu desviaria, mas eu nem estava prestando atenção no ambiente. Eu cai, e ele por cima, suado, forte, extremamente bonito. Por um momento, nem lembrei o que estava fazendo andando sozinha na praia…

Ele sorriu, acho que me reconheceu .. Era o negro lindo da praia .. Eu fiquei super sem graça por toda a cena que ele havia presenciado. Me ajudou a levantar, e perguntou se eu estava bem.. Que voz linda .. Que homem lindo … Que complemento!!!!!!

Me perguntou se eu estava fim de ir em um dos quiosques tomar um suco. Pensei duas vezes, porque afinal, meu namorado deveria estar me esperando .. Ou não era correto, porem ele também não estava gindo correto ultimamente. Então, disse sim. O quiosque que fomos era em um local um pouco mais deserto e afastado da Orla da praia..

A conversa fluía amigavelmente e de forma agradável. Era um homem inteligente, com conteúdo, com um sorriso dos deuses. Era um publicitário em ferias, solteiro, afim de um pouco de paz. Eu tomava uma água de coco super empolgada com a conversa, e ele foi abrir uma soda, porém espirrou em mim .. Super educado, ele pegou um guardanapo e foi enxugar .. Tão proximo, tão quente .. Então, ele me beijou.. Um beijo quente, possessivo, urgente .

Fiquei zonza com aquele beijo.

Saimos no quiosque e ele perguntou se eu queria entrar na agua. Aceitei, deixei a saida de praia na areia, e ele a bermuda, e fomos para dentro do mar.

No mar, ele me beijou e me abraçou, acariciou .. Sua lingua experiente passava pelo meu pescoço, nuca, seios.. Abaixou meu biquini, lambendo devagar o bico do meu peito que estava rigido e arrepiado .. Falava sobre como meu namorado nao sabia aproveitar. Eu comecei a acariciar ele também, corresponder de forma mais ardente ao beijo. Ele estava excitado. Duro. Muito duro.

Ele me virou de costas pra ele, afastou a parte debaixo do meu biquini, e começou a esfregar o pau dele na minha buceta. Nessa altura, eu estava mais que excitada.. Estava ficando louca. Tentou penetrar, mas a posição nao era favoravel.

Então, fomos para a areia … Aquela hora, não tinha ninguem mais. Ele deitou e eu fui por cima .. Tentei encaixar, mas ele era realmente grande. Ele segurava meus seios, gemia, passava as maos pelo meu corpo todo.. Bunda .. Coxa.. Eu ficava arrepiada a cada toque, e cada brisa do vento que batia, mas nao era frio. Longe disso.

Ele segurou minha cintura com firmeza, e eu comecei a sentar em cima.. Cada centímetro dele dentro de mim. Estava sendo completamente preenchida com a penetração. E escorregava um pouquinho mais e mais .. Ate que atolou tudo dentro. Ele gemeu … Começou a se mover devagar, e eu em transe .. Todos os músculos da regiao pelvica se contraiam em torno do pau dele ..

Comecei a cavalgar devagar.. Estava quase gozado, e não havia nem começado .. O ritmo começou a ser mais frenético, mais intenso .. Eu gozei … Ao ponto de esguichar!! Cai exausta ao lado dele, e ele veio por cima. Disse que a brincadeira nem havia começado, e aquilo era só a introdução.

Começou a penetrar.. Ele controlava o ritmo. Ia rápido, quando estava quase gozando, parava, ia devagar … Gozei intensamente novamente. Foi incrível. Ele começou a bombar com força .. E gozei de novo, eu e ele.

Desconfiava que não teria forças para me levantar. Ele me ajudou, nos arrumamos e fomos embora. Nos despedimos, com contatos trocados. (Que por sinal, nunca fiz questão de perder…)

Quando cheguei em casa, meu namorado ainda não havia chego. Tomei um longo banho, e fui deitar. Quando ele chegou, estava bêbado, falando um monte de bobeira, e eu esperei ate que estivesse sóbrio para que tivéssemos aquela conversa .

Depois desse episodio, tive a mais plena convicção que enquanto os homens contam aventuras que nunca tiveram, as mulheres têm aventuras que nunca contaram …

P.S: Somente a voces, meus queridos leitores , eu conto TUUUDO!!!!!!rs

[email protected]



R.



Sobre este texto

diariodoscontos

Autor:

Publicação:20 de janeiro de 2016 17:12

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Heterossexual

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 20/01/2016.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*