Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Eu,Ela e Meu Pastor Belga

Eu,Ela e Meu Pastor Belga
Tenho um pastor belga chamado Boris , uma referencia ao filme Mib homens de preto 3 que tinha o Boris animal, resolvi colocar o nome no meu cachorro na época que saiu o filme ja que ele era filhote, hoje com 3 anos e meio, preto como o dono , bem cuidado. eu costumo sair com ele todo dia de manha e a noite quando chego do trabalho, de manha não mas a noite uma vizinha que tem uma loja na frente de minha casa sempre brinca com o Boris, ela se mudou para la faz 3 meses e abriu a loja sozinha com a filha, de 14 aninhos, ela com seus 56 anos morena claro cor de jambo, olhos castanhos cabelos caracolados, tem aparência de quem ja foi linda na infância mas hoje com a preferência de muitos homens passa despercebida, não por mim pois sou um amante das mulheres e não escolho, entre cor, tamanho, ou feição. Ta carente,mal amada,sozinha,machucada e quer alguém para conversar,desabafar,fazer amor gostoso, estou a disposição. Não escolho.
Ela via meu cachorro e ficava fascinada com o pelo dele lustroso com o porte dele e como ele era bem tratado, oi, que cachorrão lindo moço, adoro cachorros, qual nome dele, Boris, posso por a mão ele é bravo? Ele é ensinando senhora, se quiser por a mão pode passar na cabeça dele entre o pescoço, ou na barriga dele ele gosta, nossa jura que não vai me morder, ... Ficou assim por uma semana, ela sempre estava ali fora na frente da loja entre 18;30 ate umas 20;00 com algumas vizinhas, com a filha ou sozinha sempre sentada no degrau da loja. Era dia 10 de junho faltava 2 dias para o dia dos namorados quando eu cheguei do trabalho e fui ate a loja dela comprar algo especial para dar de presente para rose, uma novinha que trabalhava como sub gerente do meu banco onde sou cliente, queria dar uma impressionada nela e iria comprar um vestidinho que vi na loja de Solange, esse era o nome dela. Ola cadê o negrão bonito, quero dizer o outro kkk, obrigado dona Solange pelo bonito o Boris esta em casa vim comprar esse vestidinho quero dar de presente a uma pessoa. Namorada né... Na verdade quero conquistá-la RS, um negro bonito como você meu amigo conquista qualquer mulher, mediante a essas palavras eu dei uma olhada melhor para a coroa, ela estava sempre vestida de modo chamativo, calça legue, sainha curta, shortinhos colado de coton, sempre mostrando suas cochas, pernas, ala com certeza queria arrumar alguma coisa com aquelas cochonas. Ela não tinha um corpo escultural, mas uma mulher de 56 anos com uma bunda dura os seios um pouco caído mas dava pra perceber, o volume deles através da blusinha transparente branca que ela usava, o colo estava pulando para fora, uma barriga saliente , mas quem liga, se me desse mole eu entraria dentro sem pensar duas vezes, ainda em meus pensamentos pervertidos, ela me chama, oi moço, não sei seu nome ainda , eu falo para minhas amigas que tem um moço do cachorrão, que me encantou, kkk se importa, você é muito simpático, eu comprei um saco de biscoito de cachorro para o Boris, mas só quando ele vier aqui ai eu dou ok. Esse vestido aqui que você quer, sim tem , tenho ela vai fica linda , você gosta de vestido, sim dependendo do pano deixa a mulher muito sexy, isso é bom adoro essas coisas extravagante, sou velha mas ainda estou na moda kkk. Vou levar beijos e boa noite dona Solange. O vestido ficou lindo em rose loirinha pele branquinha avermelhada no vestido preto pano mole, adorei levei ela para jantar, ela na frente eu atrás olhando a bunda dela balançando dentro do pano colado a calcinha estava toda dentro da bunda dela minha rola ficou gigante, eu encostei no parapeito da escada ela veio de bunda e encostou na minha rola semi dura, ainda amolecendo, sentiu o volume e colocou o rego bem na cabeça que estava murchando, ficamos assim dançando na casa rio na aldeia em campinas, quando dei por mim a calcinha dela estava de lado meu zíper aberto e o monstro enterrado na xota dela. Ficamos abrasadinhos disfarçando ali no escuro, até que meu liquido junto com o dela inundou a xota e escorreu pelas pernas. Ela foi ao banheiro discretamente, voltou me pegou pela mão, vamos para um motel. Na terça feira quando voltei do trabalho Boris estava eufórico querendo sair, eu o peguei e fui em direção a rua demos uma volta no quarteirão e voltamos para casa, ao passar na frente da loja , dona Solange estava sentada com um saco na mão, oi cadê meus negos sumidos, ela estava sozinha com um shorts de malha e chinelinho havaianas, oi da um oi pra dona Solange Boris, ele abanou o rabo ela enfiou a mão no saco, tenho uma surpresa, mamãe tem uma surpresa, ele olhou para mim e eu acenei com a ele pegou o biscoito da mão dela, ficou todo feliz ela também, e ele deu outro , mais outro, agora da um beijo na mamãe, ele a lambeu toda tive que conter ele puxando a comanda, ela levantou a buceta estava enorme marcada pelo shorts de malha não consegui desviar o olhar. Vamos deixa dona Solange fechar a loja amanha ela te da mais biscoito. Na quarta feira fizemos o mesmo trajeto já era minha rotina, quando Boris viu dona Solange ele abanou o rabo e me puxava, ela ficou feliz olha eles ai , minha filha quer ver o Boris, ela passou a mão nele , oi minha mãe não para de falar de vocês , já vou beijos. Quer biscoito Boris, ele estava com a boca aberta eu também, ela estava de sainha curta perna lizinha flácida, mas lizinha, a rola ficou inchada na calça, me contive mas o Boris não, nossa que isso Boris kkk, quando olhei a rola do meu cachorro estava toda para fora ele em pé com a pata no peito dela querendo lamber o rosto de dona Solange, olha isso , que que isso kkk , ta feliz por ver você kkk. Ela ficou sem graça. E vamos embora , no outro dia ela brincou com ele e nada , deu biscoito, e nada, ele estava apático, que tem com meu negro hoje, quere carinho quer, ela começou a passa a mão na cabeça dele , barriga, safado, que foi , olha isso agora ele não pode me ver que fica assim , olha como esta grande kkkk, ele gosta que faz carinho ai na barriga dele né, nossa, o dono também é assim kkk, cadê o negão da mamãe cadê, ela começou a alisar o Boris, e o cachorro virou de barriga pra cima, ela acariciava bem perto da rola dura do cachorro, o seios dela ficou enorme e inchado, os bicos ficaram duros, dava pra ver nitidamente o tesão estampado nela, resolvi agir, convida a dona Solange pra ir La em casa Boris, serio posso ir rs, sim vai La leva o biscoito vou comprar um vinho gosta , vou adorar , vou fechar aqui e vou La. Quando ele bateu no portão já era 21;35, quando o Boris viu ela ele não se conteve pulando e correndo na frete dela , ela entrou na sala ,estava com um vestido curto branco, com um decote enorme o sutien não continha o volume, nossa amei sua casa amigo, obrigado pelo convite, gosta de vinho tinto ou branco? Eu adoro tinto porem o branco dizem que é delicioso nunca provei posso provar? Sim lógico dona Solange, ela deu uma bebericada, Boris estava sentado na porta, eu intuitivamente, disse, ele esta querendo atenção,da mamãe, serio há tadinho vem mamãe, rapidamente Boris veio e se deitou nos pés dela rolando com a barriga para cima, não vai por esse pinto pra fora de novo né Boris, deixa ele , kkk sinal que ainda chamo a atenção , mas a senhora é linda dona Solange, adoro como se veste, e nesse vestido esta perfeita, to nada seu bobo olha essa barriga, já passei da idade de ser paquerada, que isso, olha ai o Boris safado ta louco pra eu pegar nesse pinto, ate que é bonitinho, e grande kkk, alisa mais perto, vamos ver o que ele vai fazer, onde perto do saco, isso, ele não vai me morder não, espera, peguei a comanda, coloquei nele, fiquei de frente pra ela olhando o meio das pernas dela, ela começou a acariciar a barriga do Boris, chegou ate o saco dele , olhou para mim, pega dona Solange, aperta de leve, ela apertou, o cachorro ficou parado, apenas sentindo, ta vendo agora você comanda,nossa que estranho nunca fiz isso, que gostoso, pega na rola dele, mas é sensível então pega de leve, ela tocou, alisou e segurou 12cm de pau do Boris, nosssa é bem molhado, to pegando fogo, isso continua , ela acariciava o cachorro estava imóvel, ela começou a bater uma punheta, fala com ele, oi mamãe esta brincando com o negao, alisava a cabeça dele e batia uma punheta para o cachorro, fiquei com tesão sentei na mesa de centro e comecei a alisar a rola por cima do short de malha sem cueca que coloquei de propósito. Os seios estavam duros eu levantei sentei do lado dela no sofá, e soltei a comanda, coloquei os dois seios dela para fora e lambia os bicos gigantes e duro, haaaa, que delicia, jura que você esta fazendo isso, gosta do peito da mamãe, gosta, não dava pra fala, minha boca estava cheia, abre as pernas, abre ela abriu coloca os pe´s no sofá deixa ela bem aberta os seios pra fora o vestido eu ajudei a subir Boris estava olhando , ela soltou a rola dele , a buceta estava peluda, ela não imaginava que eu iria fuder, por isso não depilou, mas adoro buceta peluda, mas aquele dia queria tentar algo novo, a perna estava bem aberta a calcinha vermelha estava melada e o cheiro inundou a sala toda ela fechou os olhos, delirando, aiiii negao, delicia, eu alisava a xoxota dela por cima da calcinha, enfiava o dedo por dentro e puxava de lado, a baba estava escorrendo entre os pelos negros, aiiii que loucura, que você vai fazer, chama o Boris , chama, pra que?, Chama , a buceta estava piscando , e pulsando na minha mão, Boris,Boris, vem mamãe, vem, eu segurei a comando ele levantou e começou a cheirar a buceta dela, ainda com a calcinha, ela se arrepiou toda a carne dela estava gelada agora,. Aiiii Boris, o cachorro deu uma lambida por cima da calcinha NE começou a procurar de onde vinha a baba, enfiou a língua por dentro da calcinha e achou o canal da buceta, haaaaaa, a língua estava percorrendo toda a xoxota dela sem parar, em segundos ela deu um grito , haaaaaaaaa, e se mijou toda, o xixi espirrou na cara do cachorro ele entoa como instinto lambeu tudo e o chão também, deu vontade de lamber o xixi, mas me segurei, minha rola estava enorme, eu puxei a calcinha dela, e o cachorro começou a lamber outra vez agora a xota nua e peluda, haaaaa, Boris, hummmm, a língua entrava La dentro, tirei o pau pra fora e sentei do lado dela e coloquei a mao dela na rola, quando ela sentiu o volume ,nosssa aiiii que delicia , só segura dona Solange, bem forte, haaaaa, hummmmm , minha rola parecia que ia explodir, ela apertava forte, vou gozar , aiii Boris cacalmaaaaa, aiii haaa, Boris estava com a língua dentro dela como se fosse um pinto ela gozou ele lambia o que estava escorrendo La de dentro. Nossa calma que loucura, que você vai fazer, aii, preciso de vinho, fui com a rola pra fora até a cozinha peguei a taça, e voltei ela estava acariciando o Boris, nossa vocês dois são danadinhos que loucura nunca fiz isso, toma, ela pegou o copo com uma Mao e com a outra segurou o monstro , posso, que pinto lindo, enfiou na boca e chupou, minha rola inchou rapidamente, fica de 4 dona Solange aqui no sofá, vai comer minha bunda, isso não cabe, nela , calma vou deixar o Boris brincar com a senhora, de novo, e você não vai brincar, vou mas só empina a bunda gostoso. Ela com receio soltou minha rola, ficou de 4 boris levantou com um toque da comanda, e começou a cheirar a bunda dela, ela deu um peido, desculpa, nossa to nervosa, calma , a língua começou a percorre o rego, e o xeiro do peido, o atraiu, a língua logo estava dentro da buceta dela , ela começou a relaxar, de novo a a gemer, baixinho e chupar o ar, minha rola estava duríssima, puchei a comanda o cachorro , pulou na s costa dela, ela assustou, aii, não que isso, calma, dona Solange, desce Boris, chama ele a senhora, ta bom, Boris, a voz tremula, ele pulou, começou a bombear do nada, eu peguei a rola dele e coloquei na buceta pingando, ele fudeu com rapidez, mas fui mais rápido e tirei pois queria ver ele fudendo o cu dela , antes de gozar, aiii, pq tirou, nossa , que sensação, é essa, , peguei um geozinho na mezinha e enfiei o dedo no cu dela, aiiii que você vai fazer, calma, chama ele , chama..ele pulou de novo segurei na rola dele e coloquei no cuzinho dela, entrou de subto estava lizinho com o gel, ela deu um grito, aiiii, ele bombom por uns 2 minutos , eu segurando a comanda do lado pra ele não a machucar, chega, chega, haaaa, aiiiii, sai Boris, o ritmo aumentou segurei nas bolas para não entra dentro dela e ficar colado , quando o gozo veio eu puxei , haaaaaaa, saiu um monte de porra, do cu dela, ele lambeu um pouco , ela se virou rápido, e foi correndo para o banheiro, demorou um pouco, voltou com os olhos vermelhos, , tudo, bem, não fala comigo, quero ir embora, por favor. Se recompus e a levei ate o portão, ela olhou de um lado para o outro e saiu eram 23;34, eu entrei acariciei o Boris, e fui tomar um banho , bati uma punheta imaginando a sena, e gozei litros no Box do banheiro. Só vi dona Solange 8 dias depois, vem aqui, oi tudo bem , sim mas andei pensando em tudo estou envergonhada ainda e resolvi que você nunca mais fale comigo, não somos mais amigos, entendeu...

Sobre este texto

Dom Monteiro

Autor:

Publicação:30 de setembro de 2016 12:54

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Maduras

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 30/09/2016.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*