Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Amizade de elevador

Olá a todos os leitores, o que vou relatar aqui realmente aconteceu é um conto verídico.
Meu nome é (E.....)sou casado tenho 39 anos e moro em um condomínio na zona lesta da cidade de São Paulo, não vou revelar nomes verdadeiros por questão de segurança, quase todos os dias eu pegava o elevador com uma vizinha que morava no mesmo prédio que o meu somente alguns andares acima, com o passar dos dias de encontros sempre no mesmo horário percebi que a Marcia ( nome ficticio )passou a me comprimentar com um sorriso mais aberto e sempre que podiamos sempre comesavamos algum tipo de assunto, do tipo nossa que calor ou sera que vai chover e assim passamos a conversar sempre que nos encontravamos no condomínio, Marcia é uma mulher de aproximadamente 45 anos separada e morava com uma filha de 19 anos de idade, ela tem cabelos pretos compridos, pele branquinha com algumas pintas no corpo, tipo sardas, confesso que sardas sempre me deram muito tesão, acho linda mulher que tem sardas no corpo, enfim, ela tem um corpo magro, ou seja normal de uma mulher que se cuida.

Um belo dia estaria de folga do trabalho e resolvi ir a feira que tem próximo ao condomínio comer pastel, para minha surpresa quem estava na barraca de pastel, sim ela mesmo a Marcia, encostei ao seu lado e nos comprimentamos e começamos aconversar, ela perguntos o que eu estava fazendo ali aquela hora e eu respondi que estava de folga, perguntei a ela o que ela estaria fazendo em casa e ela respondeu que estava de férias, aquele era seu porimeiro dia de férias, então conversa vai conversa vem, demoramos aproximadamente uma hora na barraca de pasteis, então resolvemos ir em bora para casa, percebi que Marcia estava com varias sacolas de plastico com frutas, verduras e legumes, me ofereci para ajudar a carregar, mas ela não quis, quando estavamos quase no rool de entrada do prédio uma sacola contendo frutas rasgou, então recolhi as frutas colocando na minha camiseta e acompanhei ela até o seu apartamento, ao chegar ao seu apartamento ela abriu a porta e pediu para eu entrar e colocar as frutas na pia da cozinha, quando entrei pela porta da sala pude perceber em cima do sofa uma combinação de rendas vermelha, ela ficou com vergonha quando percebeu que eu tinha visto suas peças intimas, coloquei as frutas na pia e estava indo para sala quando ela me pediu desculpas pelo ocorrido, disse a ela para ficar tranquila pois via muita as combinanações da minha esposa mas quem nem uma delas era tão linda como as que estava no sofa, ela sorriu com ar de vergonha, então eu completei que não gostei de ver aquelas peças no sofa e que gostaria de ver elas cobrindo o seu corpo, ela ficou assustada e não disse nada apenas sorriu abaixando a cabeça, foi ai que a peguei pelo braço e lhe dei um beijo na boca, ela ficou apavorada e correu para fechar a porta e disse que tinha medo de algum visinho ver, eu disse a ela agora não corremos mais riscos pois a porta esta fechada e fui até ela e comecei a beijar aquela boca gostosa e ela correspondendo enfiando a sua lingua macia em minha boca, puxei ela para o sofa e ela sentou de lado no meu colo, comecei a tirar sua blusa e acariciar seus lindos peitos, a cada beijo em seu pescoço ou passada de lingua nele ela se contorcia e soltava gemidos, foi quando coloquei ela sentada no sofa e tirei o resto de sua roupa, pedia a ela que tirasse a minha bermuda e ela foi além, não so tirou a minha bermuda como a camiseta e cueca, nesse momento eu já estava de pau duro, ela começou a acariciar e caiu de boca, colocando ele todo na sua boca deliciosa, pedia a ela parar e a levei para sua cama, deitei com muito carinho aquela mulher gostosa e comecei a beijar e chupar seu corpo todo, ela se contorcia toda deixando a mostra os pelos de seu corpo todo arrepiado, quando cheguei a sua buceta percebi que estava toda molhadinha, comecei a chupar e passar a lingua em seu grelo que naquele momento estava durinho, ela começou a gemer cada vez mais alto e prendendo a minha cabeça contra a suas pernas, não demorou muito para ela gozar gostoso com as duas mão apertando minha cabeça e puxando meu cabelo para beijala, beijei aquela boca deliciosa e coloquei ela de quatro e foi colocando meu pau bem devagarinho naquela buceta melada e quente e fui almentando as estocadas e ela gemendo cada vez mais e se agarrando na cabeceira da cama, comecei a beijar seu pescoço e pegar ela pelos cabelos, cada vez que puxava ela pelos cabelos ela rebola mais e gemia mais forte, vendo aquela cena disse a ela que iria gozar ela pediu para eu aguentar pois ela estava quase gozando, foi ai que puxei seus cabelos com força e coloquei todo meu pau na sua buceta, ela deu um grito e disse que estava gozando e queria me ver gozar também, então tirei meu pau de sua buceta e pedi a ela que me chupasse com força e foi exatamente isso que ela fez, não demorou muito gozei muito em sua boca, saiu muita porra que escorreu pelos seus peitos e barriga, ficamos deitados alguns minutos para nos recompormos e iniciamos outra foda gostosa.

Depois desse dia fiquei mais duas vezes com ela, mas ainda vejo quase todos sos dias

Sobre este texto

EMEJUSTA

Autor:

Publicação:11 de dezembro de 2013 14:54

Gênero literário:Depoimento erótico

Tema ou assunto:Pulando a Cerca

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Este texto foi lido 818 vezes desde sua publicação em 11/12/2013. Dados do Google Analytics

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*