Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Realidade fantástica

Sei que os meus textos já estao caíndo no lugar comum.
Contudo, nossa vida muitas vezes nos guarda surpresas dignas de bons roteiros de cinema.
Recém separada, lá foi novamente a mulher que foi minha para a casa de sua irmã, desfrutar de suas férias na capital do nosso estado.
Desta feita ela havia ido em um transporte alternativo e o o trocador da topic - que descaradamente abordava as passageiras de forma rotineira, fato este que lhe custava várias reclamações - foi audacioso e logo abordou a sua nova presa.
Ela topou sair com ele, apesar de não ter preferência por homens mais novos, muitos destes tem fantasias com uma bela coroa, o que propicia tais situações.
Eles sempre saiam nas folgas dele e à cada encontro a química entre eles rolava de forma cada vez mais intensa. Ela ficou tarada por ele e ele louco por ela. Ele dizia que ela era maravilhosa e que tinha a buceta mais linda que ele já tinha visto.
Quando ela voltou para a cidade dela, ele foi até a sua residênica á noite.
Aproveitando-se que ela estava sozinha em casa - foi na sala de estar mesmo - ele à empurrou contra a parede e começou à beijá-la. Eles transaram ali mesmo, em pé, com ele agarrando-a firmemente e beijando muito a mulher, até que depois de uns dois minutos de foda ele gozou e foi então que ela começou á abraça-lo mais forte,pois a mesma já não sentia mais as próprias pernas,permanecendo apoiada no cacete dele que teimava em não amolecer, mesmo com a respiração ofegante deles já se normalizando. Depois de mais alguns minutos de penetração, ela sentiu novamente mais um jato de porra em sua buceta.
Essa foi a última trepada deles.
Meses depois ela descobriu que estava grávida. Após o nascimento da criança,o pai não assumiu, mesmo com a comprovação.Uma irmã dela que cria ,juntamente com o esposo desta e os familiares nada comentam. O assunto é tabu.
Aqueles que acompanham meus contos sabem que anos depois voltei para ela,mas eu de nada sabia,pois hoje a minha novamente esposa, ainda conserva o corpo de antes apesar dos partos que teve - sim, nós também temos o nosso filho.
Quando ela me contou essa aventura erótica, eu perguntei à ela se tinha gostado e ela me respondeu que sim.
É, amigos liberais. Essas nossas esposas não param de nos surpreender e a fantasia de alguns não difere em muito de nossa realidade.

Sobre este texto

Eu,o Marido

Autor:

Publicação:24 de agosto de 2013 03:26

Gênero literário:Depoimento erótico

Tema ou assunto:Maduras

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 24/08/2013.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*