Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

O desejo da dama



Sophia era uma dama da corte. Muito respeitada, porém sozinha. Era uma das mais belas mulhers da corte do rei. Mas os homens tinham medo de tanta beleza. e os poucos que se apresentavam, nao faziam o gosto dela. Porém em um belo dia, ao sentar-se para jantar com um rei um novo empregado surge
ele despertou em Sophia algo diferente
tao diferente que ela nao conseguia se reconher, quando deu por si, estava excitada e sentiu sua calcinha molhadinha. Aliás, ela era uma das mais bela da corte, poucos tiveram chance de ver tao rara beleza e sensualidade juntas
Sophia, olhava atentamente cada gesto dele e até se atrapalhou no jantar. Nunca havia acontecido aquilo com ela. Procurou entao saber de suas empregadas quem era ele.Descobriu que era um recem chegado de uma vila distante. Ao mesmo tempo ela sabia que era um amor impossivel
suas classes jamais deveriam se misturar
Depois do jantar caminhando pelo jardim do palácio sentou-se em um banco e o viu pela janela e começou imaginar-se nos braços dele. parecia uma adolescente apaixonada
No entanto, Sophia sabia que era um amor impossivel, mas sonhar não era um pecado e ela passava horas e horas sonhando com aquele que mexia com você.
Certo dia, já tarde da noite, Sophia estava com sede e resolveu ir tomar agua na cozina do palacio
ao chegar perto escutou um gemidinho e resolveu se aproximar vagarosamente. se espreitando pela parede e cuidadosamente vÊ seu amado e uma empregada. ela deitada na mesa da cozinha e ele em pé. Observando tudo aquilo desejou estar no lugar dela e receber todo aquele carinho.
ela acompanhava todos os detalhes. tudo. passou a mao seu corpo e estava tremula. suas pernas bambas...seus labios secos completamente excitada..sentia seu liquido descer pelas pernas.
Como esta muito excitado colocou a mao em seu clitoris e o massageava intensamente. Ele estava muito duro, parecia que ia saltar de seu corpo. Já perdendo a noção do que estava fazendo passou a gemer tambem imaginando-se naquela mesa sendo consumida. Sua excitação estava tão grande que não aguentou e ali mesmo em pé gozou intensamente.
Os dois perceberam que alguem estava ali e pararam. ela por sua vez com as pernas cambaliantes tenta voltar pro quarto.
Sophia chega com mais sede do que tinha ido. e cai na cama em prantos. Ao sentar-se a mesa para tomar café lá vem ele, dessa vez diferente, olhar sedutor, barba por fazer. Mas ele estava desconfiado. Sem saber como se comportar resolveu levantar-se. E durante todo o dia ele passava e olhava pra ela de uma maneira estranha. Ao mesmo tempo que ela tinha medo ela se apaixonava mais ainda.
à noite ao deitar, ficou pensando em ir de novo até a cozinha. Tomou coragem e foi. ao abrir a porta do quarto a surpresa. Ele estava em pé e a agarrou sem dó e piedade. foram beijos intensos. cheios de calor, apalpando-a ardentemente.
Mas de repente passos no corredor e alguem chama por Sophia, era sua mae, que nao conseguira dormir e foi ver se ela estava bem. Ele entao sai pela janela do palácio.
Sophia morta de tesao, abre a porta e tem a sensação de um balde de agua fria.
O dia seguinte era especial no palácio uma festa grandiosa. Sophia se vestiu como a mais bela dama do reinado. Chamava atenção em todos os detalhes. Então no salão ela olhava a todos, principalmente os empregados.Porém nao o via. Aquilo lhe causara tristeza. Entao em determinado momento resolveu subir para seus apossentos.
e chegando lá deu de cara com quem procurava. Estava escondidinho dentor de seu quarto. Entao ele a pega pelos braços e a beija ardentemente. Entao ele começa a tirar seu imenso vestido. por baixo dela ela vestia um corpete branco, cinta liga e uma minuscula calcinha fio dental. ele começa a tirar com os dentes. isso a deixa mais excitada ainda.
ele começa a tirar peça por peça e quando ela esta completamente nua em sua frente a deita na cama e começa a chupa-la. Era uma sensação diferente de tudo que ela ja tinha experimentando.
ela fica toda arrepiada e perde o sentindo de tudo...quando dar por sim ele esta sobre seu corpo beijando completamente. Ela nunca tinha sentindo tanto carinho assim. ela o agarra e retribui todo aquele carinho intenso. Foi tão bom que foram aproximadamente tres orgasmos. Passados alguns minutos descançaram e tiveram que voltar para não levantar suspeitas.


Ao retornar a festa o rei diz que tem um importante comunicado a fazer. Ele anuciara que pedira a seu filho mais velho que tivesse uma longa experiencia para poder governar bem seu reino. que morasse em uma vila e depois fosse um funcionario do mais baixo escalão e que naquele dia acabara sua experiencia. e ele, por fim, apresenta o principel. Era o cozinheiro

Sobre este texto

Fred

Autor:

Publicação:24 de outubro de 2012 11:06

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Jovens

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Este texto foi lido 508 vezes desde sua publicação em 24/10/2012. Dados do Google Analytics

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

  • Antonio de Jesus Trovão
    Postado porTrovãoem30 de outubro de 2012 19:33
    Trovão é um autor no História Erótica

    Caro Fred
    Sou novo por aqui, porém seu texto me causou enorme excitação. Achei-o interessante e repleto de sensualidade. Parabéns!

  • Fred
    Postado porFredem27 de outubro de 2012 17:58
    Fred é um autor no História Erótica

    obrigado pelas digas professor. Realmente serei mais atentos nos próximos

  • Professor Oswaldo
    Postado porProfessor Oswaldoem26 de outubro de 2012 15:13

    Prezado Fred, seu conto é de raro bom gosto, uma história em terceira pessoa e com contexto histórico, deve ser a única. Aproveito a oportunidade para sugerir o uso do corretor ortográfico e se realmente gostar de escrever sugiro a leitura de seu texto em voz alta. Com essa técnica você tem uma percepção externa como a de um leitor que lê seu conto pela primeira vez.
    De outra desejo-lhe sorte e que produza novas contos eróticos com esse, de bom gosto.
    Parabéns.

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*