Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

A MOTORISTA DE ÔNIBUS...

Olá, amigos (as) e leitores do HOMEM SOMBRA.
Esse conto é real e aconteceu em 2002.
Passei algum tempo desempregado e revolvi pegar o primeiro que aparecesse, então surgiu uma oportunidade para trabalhar como cobrador de ônibus. Comecei a trabalhar em uma empresa em março na linha DOIS UNIDOS DERBY, nesta época o motorista que eu trabalhava era JONAS um cara bem legal, pouco tempo depois JONAS foi gozar férias foi quando conheci a JANETE. Ela era uma mulher de mais ou menos 1,65 de altura, 68 kg, Pernas grossas, seios médios e uma bunda enorme para o seu tipo físico dona de um corpo bem legal ate por que ela malhava nos períodos de folga. No meu primeiro dia de trabalho com ela conversamos pouco. Depois ela se abriu um pouco comigo. Disse-me: - Não gosto muito desta linha, pois os colegas de trabalho são muitos preconceituosos. Falam que dirigir ônibus e coisa de homem.
Daí por diante ficamos amigos e ela me ajudou a me adaptar na minha nova profissão, me dando dicas e tudo mais. Ainda meio tímido, comecei a puxar conversa com ela, aquelas perguntas básicas de praxe, (se era casada, onde morava) e, meio que não acreditei em suas respostas: ela tinha 38 anos, era separada e tinha uma filha. Começou a contar do seu casamento e da separação, o marido só queria saber de beber, não queria mais trabalhar ate por que já tinha o homem da casa dizia ele. Não a procurava mais e que se sentia muito carente, a ponto de pensar em traição. Quando ela me contou isso, meu pau deu um pulo dentro da calça e pensei:
Como aquele homem tem tudo isso em casa e desperdiça?
Comecei a dizer que o marido dela era um bobo, que tinha um mulherão desses em casa e nem ligava para ela.
Ela riu e me perguntou:
- SOMBRA, você me acha gostosa pra minha idade?
Eu de prontidão, respondi:
- Claro que sim...
Neste tempo eu nunca transei com uma pessoa mais velha nesta época eu tinha 28 anos e, sinceramente, fiquei fissurado em você...
Ela ouvindo isso, me abraçou e disse:
- Assim que a gente sair do serviço, a gente conversa melhor...
passamos o resto do serviço sem tocar no assunto. Fizemos a ultima viagem e nada dela tocar no assunto pensei: ela tava só brincando ou ficou com raiva de eu ter entrado na sua intimidade. Chegamos á garagem e ela entregou o ônibus ao manobrista deu tchau! Fui presta contas e na hora de ir embora, fiquei olhando pra ver se ela estava na garagem e não a achei. Então resolvi ir embora, e pra minha surpresa, lá estava ela, no ponto de ônibus, me esperando. Assim que cheguei perto dela, ela já me perguntou:
- O que você acha da gente terminar a nossa conversa?
De imediato aceitei, e já pensei comigo: "É hoje que eu traço essa motorista”
Ela sugeriu que fossemos a um barzinho, e eu discordei e disse que era melhor um lugar mais reservado. Ela percebeu a minha intenção e já logo deu à dica:
- Conheço um lugar ótimo...
E eu disse:
- Então vou me deixar levar por você...
Passado tudo isso, seguimos em direção a um Motel, bem próximo do nosso serviço, só tomando cuidado para que nenhum conhecido nos visse. Mal entramos no quarto, ela me roubou um beijo e disse:
- Hoje você está perdido...
- Vou matar toda a minha vontade de foder!
Já foi descendo e livrou o meu pau da calça (que há essa hora já estava dura feita rocha). Então sugerir que tomássemos banho primeiro, pois não iria perder a oportunidade de chupar aquela buceta. Ela tomou banho primeiro depois eu tomei banho, quando sair do banheiro ela abocanhou minhas bolas, enquanto me punhetava. Levantei aquele corpo maravilhoso... Comecei chupando os peitinhos e metendo a mão na buceta dela, que a essa altura, estava pingando de molhada...
Fui descendo aos poucos e passei a pontinha da língua no grelinho dela. Na hora ela me puxou pra cama e começamos um 69 alucinante...
Ela já louca de excitação me pede:
- Vem meu neguinho gostoso... Fode a buceta dessa mulher que não vê rola há muito tempo...
Comecei provocando, passando a cabeça do pau no grelinho e vendo-a gemendo e cravando as unhas nas minhas costas, comecei um vai-e-vem bem lento.
Ela ficou alucinada e me segurando pela cintura, colocou meu pau de uma vez na buceta encharcada e gritava:
- Vai seu filho da puta, come com vontade essa buceta... Arromba-me seu sacana...
- Quero gozar muito nessa rola gostosa...
Consegui me controlar pra não gozar nessa hora...
Socava com força naquela buceta, que há essa hora já tinha gozado umas três vezes. Foi quando ela resolveu cavalgar bem gostoso no meu pau...
Foi uma gozada muito gostosa que demos juntos. Em seguida tomamos banho e nos recompomos ela começou a chupar meu pau loucamente como se nunca mais tivesse uma rola para matar sua sede.
Coloquei o dedo no cuzinho dela que me disse:
- Então você quer o cuzinho, né?
- Huuuuuum... Então fode, come esse cú, come o cú da sua MOTORISTA!
Ao ouvir essas palavras, não aguentei e inundei aquele cuzinho de porra... Ela sentindo os jatos de porra dentro do cuzinho, se afundou por inteira no meu pau, deixando só as bolas de fora e pedindo:
- Isso cachorro... Enche o meu cuzinho de porra, me dá o leitinho que aquele CARA não me dá... DELÍCIA!
Quando fui tirar o pau do cuzinho, ela resmungou:
- Não tira! Você ainda tem muito tempo pra foder o meu CÚ!
Ela só esperou eu descansar um pouco e reiniciamos aquela foda...
Hoje ela esta casada novamente, mas desde aquela época, às vezes continuo comendo aquela buceta e o cú dessa MOTORISTA DE ONIBUS...

Se você e casado ou é uma mulher que queira realizar suas fantasias, aqui estou eu, pronto pra atender os seus desejos mais íntimos!

Espero que tenham gostado, porque esse e mais um dos contos real de minha vida têm outros para contar só que em outra oportunidade...

Sobre este texto

homem sombra

Autor:

Publicação:8 de dezembro de 2012 16:52

Gênero literário:Depoimento erótico

Tema ou assunto:Casal

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Este texto foi lido 1.281 vezes desde sua publicação em 08/12/2012. Dados do Google Analytics

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

  • Luiz
    Postado porLuizem14 de fevereiro de 2015 01:30

    Cara, adorei o conto e gostaria de ver vc com minha esposa.. aguardo contato

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*