Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Minha professora de biologia e do sexo...

Olá! O que vou relatar aconteceu com quando eu estava cursando o ensino médio. Em uma Escola Estadual em Pernambuco. Tinha uma professora de biologia que o nome dela era BRUNA (FICTÍCIO). Ela era diferente. Ensinava muito bem, porem tinha um olhar de tarada. Lembro que no primeiro dia de aula ela veio ensinar com uma calça bem apertada e quanto sentou deu pra vê o volume de sua buceta. Ela além de gostosa era viúva, no começo pensei que ela era do tipo de se encostar-se às pessoas para corrigir o caderno, então passei a observar e vi que no caso acontecia só comigo, daquele dia em diante passei a ir para mais arrumado, pois, esperava por uma oportunidade para convidar a professora para sair ou leva-la para sua casa, como tem coisa que temos que ter paciência e com o comigo não foi diferente, tudo isto estava acontecendo sem meu colegas de sala saber de nada, ate um dia encontrei a professora BRUNA fazendo um lanche no shopping, percebi que ela estava sozinha me aproximei e perguntei se poderia me sentar. Ela disse que sim. Fomos para uma área reservada da praça de alimentação do Shopping Tacaruna e fizemos o nosso pedido, BRUNA ficou toda animada, pois, pedimos uma cerveja e ai as coisas foi se acertando, passei a dar atenção maior para a BRUNA, que foi ao toalete. Quando ela voltou se sentou do lado ao meu lado e já foi colocando a mão em minhas pernas o que o mesmo não deixei por menos e foi lhe abraçando e lhe dando a mesma caricia. Lhe dei um beijo no rosto e em seguida lhe deu outro na sua boca o que deu para perceber que a mesma correspondeu, depois de nos beijarmos falei que a gente iria sair dali. Fizemos nosso lanche e bebemos duas cervejas e depois fomos ao estacionamento. Ao entrar no carro dela fiz a pergunta para onde vamos? BRUNA me respondeu para minha casa; pois estou só e lá. Fomos para a casa dela e quando chegamos ela me disse que eu poderia ficar a vontade ali na sala, foi o que fiz. Ela tomou um banho e saiu toda enrolada em uma toalha de listas. Perdi licença e fui tomar um banho também. Só que quando eu cheguei à sala ela me jogou no sofá e me falou: - Estou com uma excitação, e foi tirando a toalha vi o quanto ela era gostosa. E colocando sua boceta em meu rosto dizia: chupa-me passa esta língua na minha boceta passa, enquanto fazia ali na sala dava para ouvir os gritinhos de BRUNA sussurrando de prazer: huuum, huuum que gostoso. Coloquei-a de quarto no sofá e então passei a língua no cuzinho dela que foi ao delírio. Depois ela pegou com maestria meu pau e começou a chupar bem gostoso. Logo após receber minha pica ela gemeu de prazer me dizendo: - Faz mais de um ano e meio que não tenho relações sexuais. Estava com saudades de sentir uma rola gostosa entrando e saindo de minha buceta. Encostei-me no sofá e ela rebolando encaixou meu pau no meio da sua bunda. Então coloquei o dedo na entrada da sua boceta e ela subia e descia rebolando. Depois ela ficou de quarto e logo foi metendo o pau na buceta dela que começou a rebolar na minha pica, onde fiquei parado deixando-a no controle, nossa foi de mais, quando vi ela estava como uma loba insaciável. Gozamos juntos foi demais. Tomamos um banho. E quando nos deitamos na cama dela ela começou a chupar meu pau e disse: - Gosto de pegar assim até fazê-lo crescer. Depois subiu encima dele e começo a rebolar gostoso. Ficamos a tarde toda fazendo sexo digo a vocês essa professora e uma doutora do sexo. Depois paramos um pouquinho conversamos me recompus e começamos novamente dei uma pincelada na bumba dela que me pediu para fuder o cú dela. Bombei, bombei, bombei até gozarmos. Após terminarmos ela pediu segredo. Nem precisava disto, mas entendir por que ela queria sigilo. Afinal ela era minha professora e pegaria muito mal meus colegas saberem que um aluno transou com a professora. Ficamos juntos até o final do ano. Depois ela pediu transferência para o interior, pois sua genitora estava muito doente e ela gostaria de cuidar dela. Até hoje não tenho mais noticias dela só que foi bom enquanto durou. DEBORA POR ONDE ANDA MINHA LINDA E GOSTOSA PROFESSORA DE BILOGIA E DE SEXO.
HOMEM SOMBRA.

Sobre este texto

homem sombra

Autor:

Publicação:29 de outubro de 2012 12:23

Gênero literário:Depoimento erótico

Tema ou assunto:Casal

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Este texto foi lido 625 vezes desde sua publicação em 29/10/2012. Dados do Google Analytics

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

  • Roberto
    Postado porRobertoem18 de fevereiro de 2013 02:45

    Esse sombra mente muito

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*