Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

lindo e loiro - parte II

Naquela mesma noite quando o Thiago me levou pra casa, descobrimos que morávamos a menos de 500 metros de distancia, apenas duas ruas nos separavam, embora não achasse provável que ele me procurasse de novo, mas pra minha surpresa no dia seguinte o Thiago foi até a casa da minha prima onde eu estava morando e me chamou no portão, eu nem acreditei quando vi aquele deus grego me procurando pedindo pra repetir a dose, é claro q eu fui.. ele disse q os pais dele estavam na igreja e q iam demorar umas 2 horas pra voltar então tinha que ser rápido, sorte q eu tinha acabado de tomar banho, então era só trocar de roupa...
Fomos ate a casa dele, chegando lá, ele se deu o trabalho de me mostrar toda a casa dele, me ofereceu tudo que tinha na geladeira, me chamou pra assistir um filme que estava passando na TV, mas eu estava ali com um objetivo, então sem rodeios pedi pra ele me levar até seu quarto, chegando lá já fui logo deitando na cama com a bunda pra cima provocando ele e chamando ele pra se deitar também, ele se deitou em cima de mim e começou a passar a mão por todo meu corpo, pôs a mão por debaixo da minha blusa, dentro do meu sutiã, beijando minha nuca, enfiou os dedos no meu cabelo e me puxava virando minha cabeça pra que eu pudesse beija-lo, por debaixo dele me virei de frente pra ele e tirei a sua camisa, em seguida ele tira a minha blusa também e o empurro pro outro lado pra ficar em cima dele...
Nossa! que visão! Era o paraíso na minha frente, não tinha reparado os detalhes no dia anterior já que era noite e estava escuro, mas ali no quarto dele pude ver cada detalhe, e era simplesmente perfeito! Comecei a beijar seu peito forte e malhado, seu pescoço, sua orelha.. e ele sai de cima de mim pra tirar o resto da roupa, eu jogo ele pro outro lado pra eu mesma tirar, abro o zíper de sua calça, libertando um dragão furioso e faminto querendo me devorar, tiro minha calça também e fico só de calcinha, ele deitado na cama e eu por cima com a bunda arrebitada e então começo a chupar começando pelas bolas dele, chupando uma de cada vez, bem devagar, então começo a subir, passando minha língua e mordicando o pau dele com os lábios até chegar na cabecinha, faço círculos em volta da cabecinha dele, de vez em quando eu chupava com um pouco mais de força fazendo pressão no pau dele e ele gritou: “eu vou gozar! Eu vou gozar!” e ele empurrava minha cabeça com as mãos pra que ele não gozasse na minha boca, mas eu queria sentir o gosto dele então empurrei suas mãos segurando-as pra que ele não me impedisse de continuar chupando, eu não parei, continuei chupando com mais vontade pra que ele gozasse bem gostoso, quando de repente sinto um liquido quente invadindo minha boca e ele gritando de prazer e seu pau pulsando enquanto eu engolia toda sua porra..
Ele descansou por uns 30 segundos ou mais, e olhou pra mim e disse: “agora é a sua vez”.. ele me fez ficar de pé na frente pra ele na cama, ele sentado gloriosamente nu e eu só de calcinha, ele olhava pra mim com uma cara de safado irresistível, franzia a testa e mordia o lábio inferior me olhando com desejo, fez eu virar de costas pra conferir os fundos, quando eu levo um susto com um tapa que ele da na minha bunda: “ahhh” eu grito pelo susto e não pela dor que eu nem senti, apenas uma vibração invadindo meu corpo de desejo quando ele mete a cara na minha bunda apertando, mordendo, cheirando.. e me puxou pra cair sentada em seu colo, e eu me mexo em cima dele, deixando claro o que eu quero, e ele entende o recado direitinho, ele me joga pra cima da cama tirando minha calcinha e abrindo minhas pernas, ele se ajoelha no chão e começa a me chupar.. nossa, q delicia! Ele realmente devia ter muita experiência e sabia bem o que estava fazendo, ele chupava toda minha bucetinha que a essa altura já estava toda molhadinha, ele enfia a língua lá dentro me deixando cada vez com mais vontade de que fosse o pau dele ali, ele sobe e começa a chupar meu clitóris e mordiscando de leve, fazendo pressão, enquanto um de seus dedos entrava e saia de dentro de mim, eu me contorcia indo ao delírio, segurava a cabeça dele com as duas mãos pra que ele não parasse o que estava fazendo, quando eu estava quase lá ele se levanta e enfia o pau dele na minha buceta, e ele se movia depressa, com força, com fome, com raiva, com vontade, até que não consegui segurar mais e tive um orgasmo longo e intenso e ele não parava de meter, até que ele gozou de novo, só que dessa vez dentro de mim, ver a expressão no rosto dele enquanto gozava era simplesmente angelical, ele revirava os olhos com os dentes cerrados e uma cara de safado q vou te contar viu! E ele termina de gozar e joga todo peso de seu corpo por cima do meu, quando ele finalmente relaxa ele sai de cima de mim deitando ao meu lado com o sorriso mais bobo e sexy do mundo...

Sobre este texto

India-s2

Autor:

Publicação:5 de setembro de 2013 14:18

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Jovens

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 05/09/2013.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

  • Rodrigo Miranda Baccardi
    Postado porRodrigoem6 de setembro de 2013 21:27
    Rodrigo é um autor no História Erótica

    Narrativa envolvente, direta, sem rodeios...
    aguardo os próximos posts

  • Gisele lucas da cruz
    Postado porIndia-s2em6 de setembro de 2013 17:10
    India-s2 é uma autora no História Erótica

    Obrigada Lú pela dica, vou seguir seu conselho... bjs

  • Lú
    Postado porem6 de setembro de 2013 10:19

    A história é boa, mas achei desconfortável ler um texto longo com palavras de chat, tipo (q) em vez de que. Mas gostei da história. beijos

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*