Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Não comi minha cunhada......

Minha cunhada certa vez precisou ficar na minha casa pq arrumará um emprego e ficava muito longe de onde ela morava, então deixamos ela ficar la sabendo q era uma pessoa de dificil convivencia.
Ela uma baixinha gostosa de parar o transito, uma delicia, mais eu e ela não nos davamos muito bem não, comecei a tentar ver ela tomar banho, ja q o banheiro da minha casa era pequeno e não tinha divisorio do box, coloquei uma camera la dentro embaixo da pia parar ve-la tomar banho, foi incrivel, ela realmente era uma delicia, peitos grandes mais durinhos, cabelos longos cacheados, uma bunda deliciosa, e uma buceta linda raspadinha, não podia deixar aquele video na camera sempre colocava via e apagava, ate q um dia ela me pediu pra ajudar ela a enrolar o namorado pq ela iria sair com outro cara, ajudei, mais ela sabia q iria estar na minha mão, dai pra frente ficamos amigos, e um certo dia tentando ver ela no banheiro ela viu q eu estava olhando ela nua, então parou de falar comigo não me disse q tinha visto mais eu percebi q ela viu, algum tempo depois, voltou nossa amizade, e ela começou a usar muito meu pc a noite onde ela dormia pq eu deixava meu pc la pra não pertubar minha esposa com os barulhos das teclas, um certo dia acordei e fui beber agua percebi q a luz do quanrto onde ela dormia estava acesa fui pra chamar ela de ficiada em internet, como a porta do quarto era sanfonada e estava com problemas, ela não fechava deixava um fresta eu olhei e não a vi na cadeira quando fui pra abrir a porta percebi q tinha uma pessoa em pé na frente do pc, era ela pelada se exibindo na cam pra alguem ali mesmo fiquei coloquei o pau pra fora e comecei a me masturbar, ela ficou uns 40 minutos na brincadeira, colocava o dedo e tirava esfregava o grelo rapido e devagar ate q ela gozou, mais eu ja tinha gozado 3 veses, ai eu acendi a luz da cozinha eu fingi pegar agua, ela apareceu de camizola, e falei "caraca acordadaate agora" ela disse " estava na net mais ja vou dormir, pensei é claro depois da gozada vai dormir mesmo, passado uma semana comecei a vigiar ela, um dia peguei ela na cam denovo colocando uma cenoura no cu e um pepina na buceta, me acabei na punheta denovo, tinha medo de entrar e ela gritar e eu perder o cinema real, então um dia tomei coragem e contei oq vi a ela, ela então falou q estava morrendo de vergonha mais ficamos mais amigos ainda, ao pondo de convidenciar nossas transa um pro outro e uma vez ela me disse q o namorado dela machucou o cu dela pq ela nunca tinha dado e pra agradar a ele deu e ele foi muito bruto, falei q ele não soube faser mandei ela comprar vasilina e da outra chance o cara, ela disse q foi maravilhoso e q queria no cu sempre, ai fiquei louco, um certo dia ela viajou e a minha esposa falou vai buscar ela q ela machucou o pé e tem q ter alguem pra ajudar elana viajem 600 quilometros fui rindo a toa, cheguei la ela ja estava la a dois meses ja foi me falando, " poxa aqui não tem homen eu to louca pra fuder e nada, na hora passei a mão na bunda dela e disse " posso quebrar seu galho, ela falou para vc é meu cunhado, e nesse mesmo dia eu esfreguei meu pau duro nela na beira de um fogão a lenha, e falei " vai dormir hoje sem calcinha q vou faser uma visita no seu quarto, ela disse q não ia, mais passei loa assim mesmo ela estava toda coberta beijei ela, e fui colocando a mão no meio das pernas dela e ela falando pra eu parar pq a mãe dela estava no quarto ao lado, não respeitei e continuei ate q achei sua bucetinha raspadinha e sem calcinha, ela se contorcendo toda, eu entrei embaixo do coberto e comecei a chupar ela, ela tava mesmo com vontade chupei o grelo dela uns 4 minutos e ela gozou fiquei brincando mais um pouquinho com a lingua e o dedo ela gozou denovo eu preparei o pau pra colocar nela o padrasto dela começou a tossir na quarto dele me assustei e sai dali, na outra noite ela na beira de um fogão a lenha ela pegou no meu pau esfregou a bunda nele, e tocou um pra mim, e depois retornamos pro rio, ai marcamos de ir a um hotel mais ela deixou o namorado e foi morar com outro cara e me pediu pra esquecer tudo isso e sermos amigos por isso o titulo não comi minha cunhada. pena.

Sobre este texto

itagnr

Autor:

Publicação:17 de junho de 2013 11:35

Gênero literário:Depoimento erótico

Tema ou assunto:Casal

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Este texto foi lido 255 vezes desde sua publicação em 17/06/2013. Dados do Google Analytics

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*