Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

O Professor como presente de formatura.

O Professor como presente de formatura.
Final de ano do colégio, após o meu aniversário de 18 anos, professores e alunos organizam uma despedida em Porto Seguro. Como não tivemos formatura, a escola movimentou esse evento.
Minhas amigas e eu estávamos mais que animadas para o grande dia e tudo já estava esquematizado. Uma amiga ia com o namorado e as outras duas estavam de olho nos meninos do colégio, para elas desse dia não ia passar.
Comigo não era diferente, pois eu também tinha meus planos. Só que ao invés de concluir meu ano com o gatinho da escola, eu queria o professor de história. E como queria! Durante o ano todo imaginava aquelas mãos percorrendo o meu corpo... Nunca deixei de prestar atenção nas aulas, eu era uma de suas melhores alunas e acredito que por isso sempre tive uma relação mais íntima com ele do que os outros alunos, mas era impossível deixar de me imaginar cavalgando no colo daquele mestre bem ali, na sua cadeira, na sala de aula.

O grande dia chegou, fomos conhecer a cidade. Dei sinais para ele, fiz todo um charme de menina mulher e não tive nenhum retorno.
A noite, o hotel fez uma espécie de festa/balada. Coloquei uma mini saia indiana e uma blusinha tomara que caia, bem colada ressaltando minhas curvas e o formato dos meus seios. Durante a festa, toca uma música cubana, obedecendo ao tema. Avisto meu professor encostado no balcão do bar olhando para mim, me aproximo e começo a dançar para ele. Virei de costas, jogando o cabelo para a frente, encosto rebolando bem devagar em seu membro e o sinto duro, firme... Enquanto a vontade de abrir sua calça e pegar seu pau é tremenda. Percebendo até onde eu poderia chegar, meu mestre se esquiva com um sorriso sacana e diz que é melhor parar com a brincadeira. Ele sai tão rápido que nem noto a direção.
Depois de um tempo decido dormir, já que minha diversão não estava mais lá. Todos os alunos dançavam, bebiam, sem pensar em finalizar a festa.
Chego no quarto, tomo um banho para relaxar e deito só de camisola, sem calcinha devido ao calor daquela cidade. Ouço o barulho da porta e penso que é a Patricia, uma das amigas que divide o quarto comigo, então nem dou bola. De repente, sinto uma mão passeando pelo meu corpo, passa pelo braço, cintura, bunda. Olho assustada para trás e vejo meu professor com aquele olhar, com vontade, com tesão explícito. E diz baixinho:

- Uma boa menina termina o que começa.

Puxei seu corpo com vontade para mais perto do meu.
E foi exatamente como imaginei, suas maos desenhando meu corpo até chegar na minha xaninha toda molhada. O liquido que escorria simbolizava toda a sede daquele sexo... Só com as mãos meu professor me tirou do sério. Fui para cima dele, tirar o resto de sua roupa. Peguei em seu pinto duro, pulsante e fiz o boquete mais delicioso. Lambia a cabeça, enquanto acariciava suas bolas. Massageava seu membro com os lábios. Sentia seu gosto, sentia seu caralho pulsar dentro da minha boca.
Meu mestre puxa meus longos cabelos castanhos, me vira na cama, abre minhas pernas e da linguadas no meu grelo. Sua lingua me faz delirar e gemer de tanto prazer enquanto seu dedo é umedecido dentro de mim. Já não aguento mais, imploro para ser possuída.

- Vem! Enfia dentro de mim com força. Me ensina a ser mulher, meu professor!
- Já não é de hoje que te quero. Já não é de hoje que observo seu comportamento de ninfeta má. Agora você vai ter o que merece. - ele diz.

Enquanto eu rebolava em seu colo, meu professor lambia o bico dos meus seios me deixando ainda mais sensível ao seu corpo, ao seu toque. Ele empurra forte, alternando depois para suave e rápido me fazendo gemer sem parar pois cada movimento era uma sensação de êxtase.
Senti sua rola pulsar mais enquanto a minha xaminha pedia mais e mais... E mais... Até que gozei. Ele estava quase... Tirou seu pau de dentro de mim e gozou nos meus seios, por todo o meu corpo.

Sem dúvidas, a formatura é o dia inesquecível para uma estudante. Para mim então...
Esse dia foi só a porta de entrada para o prazer entre meu querido professor e eu.

Sobre este texto

Liriel

Autor:

Publicação:7 de dezembro de 2015 07:24

Gênero literário:Depoimento erótico

Tema ou assunto:Jovens

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 07/12/2015.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

  • angel
    Postado porangelem23 de dezembro de 2015 18:50

    Ai amiga adorei a história quero isso para min também

  • anonimo
    Postado poranonimoem11 de dezembro de 2015 20:12

    Gostei do conto queria uma ninfeta dessa pra dar gostoso pra mim e chupa meu pauzao alguma que se interessa meu zap 19 993753745 beijos

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*