Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

A VAMPIRA DO BANHEIRO

Outro dia mexendo no velho baú da minha avó achei uma historieta difícil de acreditar. Estava em seu diário. Você acredita em sobrenatural? Eu não, mas reproduzo aqui o que encontrei:

"O cheiro daquele banheiro imundo não nos atrapalhou. Lá fora a música da boate era alta. A luz estava fraca ali.
Escolhemos qualquer box. Ajoelhei em frente a ele e puxei sua calça com força. Tirei aquele pau pra fora da cueca ainda meio mole. Segurei com a mão firme, lambi a cabeça do cacete e desci a língua até o saco. O pau foi ficando molhado. Coloquei na boca de uma só vez e comecei a chupar como se estivesse mamando.
Ele cabia todo na minha boca. Ia até a garganta. Fiquei assim chupando, com força, e senti o pau crescendo em meus lábios. Finalmente ficou duro e latejante.
O homem começou a socar na minha boca como se fudesse minha boceta. Meus olhos começaram a chorar. Sentia pequenas ânsias quando a pica encostava na garganta.
O homem gemia e puxava minha cabeça em direção a ele enquanto enfiava na minha boca, gemendo, cheio de tesão.
Senti o pau pulsando e abri ainda mais a mandíbula. Foi então que experimentei o leite dele. Veio como um jorro dos deuses, aquele gozo quente se derramando na minha língua. Provei o sêmen escorrendo pela minha garganta, uma, duas, três vezes. Terminei por lamber os lábios e engoli o resto de porra com fome.
Ele me puxou para cima, beijou a minha boca sentindo o próprio gosto. Subiu a calça e tentou sair do box com pressa.
Nessa hora pulei em seu pescoço e suguei um pouco de sangue. O suficiente para ele perder os sentidos e o suficiente para matar minha sede.
Ele ficou desmaiado, estirado no chão, com o pau mole e a calça aberta. Eu arrumei os cabelos, passei novamente o batom vermelho e fui pra porta do banheiro. Acendi um cigarro e fiquei ali esperando a próxima vítima, o próximo que iria alimentar minha fome e matar minha sede.

Sobre este texto

madame red

Autor:

Publicação:24 de abril de 2013 20:24

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Casal

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Este texto foi lido 305 vezes desde sua publicação em 24/04/2013. Dados do Google Analytics

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

  • Andrea Carvalho Dias dos Santos
    Postado pormadame redem27 de abril de 2013 11:59
    madame red é uma autora no História Erótica

    tenho vários outros relatos dessa vampira...todos em um diário. minha avó sumiu, ninguém fala dela. pode ser que esse mistério esteja sendo desvendado, não é?

  • Ionela
    Postado porIonelaem26 de abril de 2013 16:14

    será que era um diário e sua vozinha uma vampira?Tem muitas histórias dessa na Romenia minha família veio de lá.
    beijos e mordidas

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*