Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

A última vez do Quimico

Na semana foi possível perceber que ele queria e muito estar ali para fazer aquilo que mais gostava, me comer. Mas só para isso!!!!
Marcamos de nos ver no sábado, iríamos comer algo e depois sair. A ordem foi inversa, Motéis lotados num sábado as 20h, como as pessoas desejam sexo.
Fomos ao num terceiro, não é um dos melhores mas para todos os fins, existem os meios. Antes de chegarmos no Motel, ele puxou meu rosto, me beijou na boca, e logo tirou o cinto da calça no carro, abri sua calça e o chupei no caminho, enfiando todo o seu pau na minha boca, ele gemia de forma intensa a cada vez que passava a língua no seu membro.
Continuei chupando seu pau no Motel por um longo tempo, enquanto isso ele apertava meus seios com força e dizia "Você tem dono, sua puta!". E empurrava a minha cabeça em direção ao seu pau, para além da minha garganta, meus olhos lacrimejavam, e a ânsia cheia de saliva guspia no seu membro.
Dentro do Motel não foi diferente, ele tirou a roupa, e me deixou chupá-lo por um longo tempo, e a cada vez mais, queria sentar no seu pau, sentir seu membro em mim, cheia de tesão, ele me dizia apenas, ainda não....
Até que em um momento, levantei meu rosto para ele, e ele me puxou pela cintura, me colocando sentada no seu membro, gemi de tesão, naquele momento estava completa, podia sentir aquele homem em mim. Rebolei no seu pau, sentindo no fundo, cada olhar seu de dominação me deixava cada vez com mais tesão, e com mais vontade dele.
Foi quando ele me perguntou, qual a posição que eu mais gosto minha vadia, e eu disse, de quatro. Nesse momento ele me virou, e colocou seu membro grosso e grande dentro de mim, gemi de prazer, e cada metida forte, minha cabeça girava de tanto tesão.
Nesse momento, ele chegou no meu ouvido e disse, essa buceta tem dono, agora vou mostrar que o seu cú também tem dono, e me meteu no cú, inteiro, sem parar nenhum minuto, sentindo ele inteiro em mim.....olhando pelo espelho, e vendo seu membro me meter no cú e me deixando com mais tesão. E assim me meteu por duas horas, deliciosamente no cú e na buceta, e quando chegou perto dele gozar, coloquei minha boca no seu pau, e chupei, até sentir seu gozo escorrer na minha boca, e continuar a chupá-lo deixando ele mole de tanto prazer. Suado, e satisfeito, deitei em cima dele, sentindo a sua respiração, e o meu corpo tremer de satisfação. Ficando por alguns minutos assim, quietos, sentindo o prazer em nós....
Depois o banho, e o jantar, apenas sendo mais uma noite!

Sobre este texto

Mestiç@

Autor:

Publicação:25 de março de 2013 20:46

Gênero literário:Depoimento erótico

Tema ou assunto:Casal

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Este texto foi lido 81 vezes desde sua publicação em 25/03/2013. Dados do Google Analytics

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*