Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Amigos bi a três.

Amigos bi a três.

Me chamo Murilo 23 anos, bonito moreno claro, cabelo curto, forte, sarado, malho a cinco anos sou super parceiro de Bruno também 23 anos somos muito parecidos alguns ate pensam que somos irmãos nossa semelhança vai alem dos gostos e da aparência e acho que por isso nos damos tão bem. Ambos somos bisexuais catamos varias mulheres as vezes juntos, mas o único cara com quem transo é Bruno.
Estava muito afim de pegar Rebeka e Bruno também e sabíamos que ela nos achava bonitos mas os dois ao mesmo tempo seria difícil ela aceitar assim na lata então resolvemos fazer um plano, passei a ficar com Rebeka e Bruno como sempre estamos juntos iria fazer coisas para seduzi la como elogia la, ficar sempre que possível sem camisa, dar aqueles abraços safados tudo muito discreto, mas para deixa la doidinha e o plano estava dando resultado pois Rebeka sempre me perguntava coisas sobre Bruno e eu claro que enchia a bola dele sem deixar de me exibir tambem.
Meus pais viajaram iriam ficar o fim de semana todo fora e para deixar Rebeka ainda mais curiosa nas transas da semana anterior sempre colocava um filme pornô bisex e ainda sugeria um terceiro cara na nossa transa e Rebeka safadinha já tinha eleito o cara Bruno.
Já havia combinado com Bruno chamei Rebeka para minha casa e deixei a minha copia da chave com meu amigo, quando ela chegou mandei uma mensagem para ele.
Estávamos na sala aquela loirinha estava bem assanhadinha coloquei uma musica. Rebeka começou um strip tease tirou sua blusa, o sutiam mostrando seus seios firmes, médios pontudinhos jogando em mim a peça, tirou sua calcinha e veio rebolar em meu colo, tirou minha camisa, beijou minha boca e desceu beijando meu peito enquanto eu apertava e dava tapinhas em sua bundinha empinada de tamanho medio. Rebeka abriu meu zíper colocou meu pau para fora desceu do sofá e ajoelhada no carpete começou a mamar meu cacete, depois de algum tempo Bruno entra na sala sem camisa já com o pau visivelmente duro dentro da bermuda.
_ Nossa como você chupa bem só de ver já deixou meu pau duraço!
Rebeka se assustou com a chegada de Bruno parou de me chupar e tentava cobrir os seios com as mãos.
_ Qual é Brunão assim você deixa a mina sem jeito, apesar que o que você disse mesmo na semana passada Beka? De transarmos nos três Bruno, você e eu e ai topa Brunão?
_ Demoro olha como eu fiquei.
Disse Bruno tirando seu pau para fora. Rebeka olhou para mim eu disse.
Relaxa o Brunão é de boa essa transa não vai sair daqui.
Rebeka não perdeu mais tempo partiu para cima de Bruno Dando um beijo em sua boca e como fez comigo desceu beijando o peitoral e a barriga do meu parça lambendo as divisões de seus gominhos. Bruno olhava para mim com sua cara de safado rindo. Bruno sentou no sofá e Rebeka passou a mamar seu cacete ajoelhada no carpete eu deitei no carpete e passei a chupar sua buceta. Rebeka gemia rebolando e esfregando sua buceta em minha cara enquanto mamava Bruno. Depois de algum tempo assim peguei umas camisinhas o lubrificante encapei meu pau Rebeka ficou de quatro e Bruno deitou no carpete para que Rebeka continuasse a chupar seu pau e eu a penetrasse eu segurava a cintura de Rebeca e metia pica. Então Bruno disse:
_ Agora é minha vez.
Rebeca deitou de costas no chão e abriu as pernas para que Bruno a penetrasse eu acariciava seus seios e dava meu pau para ela chupar, Bruno então deitou sobre Rebeka e passou a lamber meu saco e a parte do meu pau que não estava na boca de Rebeka que tesão da porra!
Fiquei de pe para que Bruno me chupasse melhor, pois essa é sua especialidade meu amigo acelerou as estocadas fazendo Rebeka gemer ainda mais auto.
Rebeka então disse que queria ver nos beijando fui para a frente de Bruno e de pe nos beijamos um com uma mão na nuca do outro enquanto a outra mão percorria o corpo um do outro e Rebeka alisava os seios e batia uma siririca.
Descansamos um pouco comemos um lanche escutamos umas musicas e depois recomeçamos. Abri as pernas de Rebeka e passei a chupar seu grelo empinei bem minha bunda dando sinal ver de para Bruno que entendeu o recado lubrificou bem meu cuzinho encapou seu cacete e começou a bombar em meu cu enquanto eu chupava Rebeka que atiçava Bruno.
_ Isso Mete, mete nesse cu de macho gostoso, bomba, mete tudo vai, isso não para de me chupar enquanto leva pica não para me chupaaaaa porraaaaa!!!!!!!!!!!!
Deitei de barriga para cima no carpete Rebeka deitou se sobre mim encaixando meu cacete em sua buceta e Bruno voltou a meter em su cuzinho. Rebeka foi a loucura com a DP , hora eu metia, hora Bruno metia para evitar que nossos cacetes saíssem e para completar enquanto de ladinho e por trás Bruno meteu na buceta de Rebeka eu cheguei por trás dele e meti em seu cuzinho fizemos um trenzinho muito gostoso hora Bruno me beijava hora ele beijava Rebeka logo gozamos.
Foi muito bom Rebeka também gostou e esta louca para repetirmos. O que sentimos Bruno e eu um pelo outro é algo mais que amizade, mas por enquanto não vamos colocar um rotulo que não seja amizade, não sei por quanto tempo vamos continuar assim, se no futuro vamos nos assumir como namorados ou se vamos casar com mulheres e seguir cada um para um lado apesar que este cenário me da tanto medo que sempre que começo a pensar nele paro não quero isso. Por enquanto vamos vivendo assim, aproveitando o maximo da vida.

Autor: Mrpr2

Sobre este texto

mrpr2

Autor:

Publicação:20 de agosto de 2015 19:29

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Encontro a Três

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 20/08/2015.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*