Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

De funcionário sócio e esposo.

De funcionário sócio e esposo.
Ola a todos meu nome é Meireles tudo começou com meu divorcio, minha esposa disse que não queria mais estava cansada e que achava melhor a nossa separação. A verdade é que ela me trocou por outro eu sabia que ia acabar acontecendo isso com aquela historia de aulas de dança. Com a separação a divisão dos bens e fiquei com o bar em contra partida ela ficou com a casa e uma boa quantia em dinheiro tive que demitir dois funcionários e ficou apenas eu e um rapaz para tomar conta do bar meio de semana dava certo mas fim de semana a coisa ficava bem apertada só nos dois. O dinheiro diminuía, o estoque também eu já estava dormindo em um cômodo no fundo do bar, a clientela sumindo devido a falta de alguns produtos estava ficando desesperado, mais nervoso a cada dia.
Pensei em fechar o bar, mas meu funcionário disse que precisava do emprego para pagar o ap que ele havia comprado mostrei a situação a ele, então Fernando veio com uma idéia iria me ajudar para não perder o emprego, trazer mais clientes para o bar e eu o ajudaria na faculdade, investiria no bar ao mesmo tempo achei arriscado, mas iria arriscar.
Olhando assim para Fernando nem parecia que ele tinha capacidade franzino, cara de menino, nem parecia que tinha 22 anos, com esforço conseguiu uma bolsa de estudos e estava fazendo faculdade de Marketing com bolsa integrau pensei que logo o perderia, mas ele estava me ajudando a reerguer. O trabalho de conclusão de curso era colocar em pratica seus conhecimentos em uma empresa e faze la dar lucro a empresa escolhida meu bar. Eu deveria fazer um empréstimo para termos o dinheiro para os investimentos, para reduzir custos Fernando e eu iríamos fazer alguns reparos no bar, pinta lo, o resto do dinheiro seria para comprar estoque e pagar os músicos isso mesmo, uma das idéias era trazer mais gente para o bar com musica ao vivo e só seria possível porque a banda estava iniciando amigos de Fernando, mas só topei porque realmente eram bons fui em um churrasco onde eles tocaram para comprovar, alem disso iriam cobrar um valor menor pela divulgação e espaço para o show seria uma ajuda mutua. Antes disso a preparação do bar.
Fechamos terça e quarta feira dias de menor movimento para os reparos. Fernando apareceu com uma regata onde na lateral estava aberta dos dois lados ate em baixo e um short curto não sei por que, mas vê lo assim me fez sentir algo estranho, começamos o trabalho eu não era acostumado a serviços braçais e estava muito calor logo eu estava sem camisa apenas de calção colocando algumas cerâmicas que estavam faltando no chão e Fernando as da parede. Após o almoço o calor aumentou como estava muito bagunçado o bar fui tirar um cochilo no meu quartinho no fundo do bar coloquei um lençol já sujo, pois eu estava todo sujo de barro, cimento, argamassa.
Estou dormindo quando sinto algo deslizar entre minhas cochas e repousar por alguns instantes em cima do meu pau abro apenas um pouco os olhos continuando a fingir estar dormindo e vejo Fernando com a mão enfiada dentro de uma das pernas do meu calção massageando meu cacete, fico sem entender com uma vontade de mada lo parar mas já estou a algum tempo sem sexo, cheio de tesão pela aquela mão me dando prazer que não consigo dizer nada. Fernando tira meu cacete para fora pela perna do calção e começa me boquetear aquilo esta muito bom começo a gemer a porta do quarto começa a abrir ...
_ O Meireles temos muito trabalho ainda só temos mais amanha ou vamos começar a ter prejuízo! _ Diz Fernando.
Era apenas um sonho, ainda tonto digo que já vou indo, bebo um copo d’agua lavo o rosto para acordar de vez e fico pensando comigo mesmo como eu pude pensar algo assim eu nunca tive nada com homem, muito menos com um funcionário devo estar enlouquecendo isso e falta digo a mim mesmo.
Vou ate o bar e Fernando diz que só faltam algumas cerâmicas mias altas de uma parede e me pede auxilio para que eu segure a escada. Fernando sobe e me pego olhando para sua bundinha, e penso como ela e gostosa e começo a imaginar ela sem aquele short. De repente escuto um grito me perguntando se eu não estou ouvido volto a mim é Fernando pedindo mais argamassa peço desculpas dizendo que me distrai e entrego, tento não olhar para cima, mas logo meus olhos me traem e começo a observar meu funcionário novamente e percebo algo ele esta sem cueca vejo seu pau balançando pela perna do seu calção meu pau se excita com aquela visão.
_ Devo estar enlouquecendo só pode!
_ O que você disse?
_ Não, nada só pensando auto.
Mais alguns reparos e o dia termina, Fernando me pergunta como eu consigo dormir naquele quartinho abafado e quente digo que não estou com muitas opções no momento e me convida para ficar no seu apartamento por uns dias ate eu comprar ou alugar um outro lugar afinal ele mora sozinho reluto um pouco mas aceito o convite. Digo que vou arrumar minhas coisas e que em seguida vou para o apartamento dele e ele vai na frente.
Quando chego no apartamento de Fernando depois de alguns minutos na porta ele me atente apenas de toalha com o corpo ainda molhado do banho entro e ele diz para eu tomar um banho para me livrar daquela sujeira. Estou quase acabando quando Fernando diz que precisa urgente usar o banheiro, sem o box finjo me terminar meu banho e fico observando ele mijar, aquele pau semi ereto me da água na boca nunca pensei em ficar assim vendo o pinto de um homem, Fernando olha para mim da uma risadinha e pergunta se esta tudo bem olhando meu pau duro digo que sim que apenas estou um tempo sem mulher ele diz que já acabou e que se eu não deixar sujeira no banheiro posso bater uma e sai rindo.
Fernando pede uma pizza e jantamos, assistimos um pouco de tv e sou pego olhando para Fernando algumas vezes só de cueca deitado no sofá que se levanta e diz que vai para cama que esta morto de cansado eu vou para meu colchão e não consigo dormir apesar do cansaço pois fico cheio de tesão sem entender o porque daqueles sentimentos na minha idade e por um homem sendo que eu sempre fui hetero.
No outro dia ficamos por conta de lavar o bar tirar todo aquele cimento, argamassa, arrumar as cadeiras mesas, arrumar as prateleiras o estoque foi tanta coisa que ate encheu meu quartinho. Fizemos o balanço e verificamos a contabilidade dos meses anteriores para compararmos com os próximos isso fazia também parte do trabalho de faculdade do Fernando e constatamos a incrível perda de clientes e dinheiro. Fernando então teve outra idéia primeiro chamaríamos freguesia nova para o bar e para isso faria algumas festas da faculdade la, iria antes conversar com um rapaz que ele conhecia que trabalhava em uma distribuidora de bebidas. Fiquei meio duvidoso se isso iria render lucro ou me dar prejuízo. Mais uma noite junto com Fernando mais uma vez ele apenas de cueca me atiçando sem saber, quando ele foi dormir fiquei um pouco mais na sala e vendo alguns DVD’s resolvi assistir um filma para ver se o sono vinha. A maioria eu já tinha visto ate que vejo um DVD sem capa fico curioso e resolvo ver qual era o filme e para minha surpresa era um filme pornô gay desliguei e fui ao banheiro , passei na porta do quarto de Fernando que estava fechada, ia para meu quarto mas a curiosidade falou mais alto e coloquei novamente o filme rapazes bonitos, uma chupação louca e como parecia meter bem o que estava levando parecia estar gostando tanto minha excitação estava a mil não agüentei e coloquei meu pau para fora e comecei a me punhetar.
_ Uma ajudazinha ai Meireles?
Quase dei um ataque do coração era Fernando atrás de mim.
_ kkkkk relaxa cara ta de boa só vim beber água, não sabia que curtia apesar que...
_ O que?
_ Nada deixa para la.
Fernando sentou no sofá abriu as pernas e ficou assistindo ao filme, meu pau broxou e eu fiquei ali sem saber o que fazer por uns momentos, mas quando ele começou a massagear seu cacete por cima da cueca e vi aquele caralho começar a dar sinal de vida meu pau voltou a endurecer.
_ Nossa como um bom boquete e gostoso ne Meireles?
_ Acredita que minha mulher não curtia fazer?
_ A maioria não gosta, mas o melhor boquete é feito por homem, já experimentou?
_ Não nunca.
_ Não sabe o que esta perdendo.
Ficamos um tempo em silencio e com um olho no filme e um no pau de Fernando voltei a me masturbar.
_ Isso cara relaxa, vou te mostrar uma coisa, mas vai ficar entre agente hem?
Fernando pegou em meu pau meu coração disparou, colocou a boca nele e começou a me fazer um maravilhoso boquete como no sonho, sua boca quente molhada me deixava louco, chupou meu saco, voltou para meu cacete e rápido subia e descia sua boca deslizando seus lábios em meu cacete eu estava quase gozando quando ele tirou a boca e disse sua vez e sem que eu dissesse nada ele me puxou e colocou minha boca em seu pau, me mandou chupar como ele tinha feito em mim, meio sem jeito eu comecei a chupar aos poucos fui pegando o jeito e logo já estava o fazendo gemer ele então pegou minha cabeça e a segurou e começou a fuder minha boca, seu pau ia ate minha garganta comecei a engastar e ele não soltava eu tentava fugir e ele acelerou as estocadas ate gozar foi muita porra na minha boca, cara, nariz comecei a cuspir.
_ Desculpa Meireles não consegui controlar o tesão, foi mal ai cara.
Fernando foi para seu quarto e eu para o meu, as coisas ficaram um tanto estranhas depois, no outro dia ele me disse que conversou com o amigo dele e havia conseguido um desconto legal, mas deveríamos comprar uma grande quantidade era arriscado, mas eu pensei e concordei, as festas seriam dia de terça e quarta dias de menores movimentos e nestes dias a banda iria tocar de graça, pois a maioria era estudante da faculdade alem do curso de Marketing Fernando conversou com outros cursos e acabaram fazendo festa la também, e as festas começaram a dar resultado nos fins de semana o bar ficava cheio compramos ate outra mesa de sinuca.
Durante as festas percebia que um dos integrantes da banda parecia acompanhar os passos de Fernando pelo bar naquele momento não sabia porque mas aquilo me incomodava, era ciúmes crescendo, um dia vi os dois conversando e Fernando ir para o estoque o cara foi atrás me controlei o tanto que pude porem acabei seguindo os dois e fiquei olhando pela fresta da porta entreaberta discutiram o cara acabou beijando Fernando que o empurrou e veio para o rumo da porta fiz como se estivesse chegando naquele momento e perguntei o que estava acontecendo tive como resposta apenas “nada” no fim do primeiro mês mesmo dividindo o lucro das festas de terça e quarta tivemos lucro pois o bar estava chamando freguesia com o dinheiro no outro mês começamos a contratar a banda para tocar nos fins de semana. Fiquei muito feliz pois os lucros aumentavam a cada semana.
Um dia conversando com Fernando perguntei sobre o cara da banda ele me disse que tinham namorado e sua família descobriu e começou a pegar no seu pe foi por isso que ele comprou o ap, o namoro dos dois não durou muito, pois o cara era muito safado e durante os shows acabava o traindo ele não suportou essa situação e resolvel terminar. Durante o balanço fiquei muito feliz, pois o bar estava dando lucro e chamando a cada semana mais gente e já tínhamos dinheiro para contratar mais um funcionário durante a semana que já estava mais que na hora de contratar e mais um para o fim de semana. Estava tão empolgado que acabei beijando Fernando ele me retribuiu, começamos a nos beijar cada vez mais intensamente, Fernando me levou para o quarto tiramos a roupa e iniciamos uma chupação fizemos 69 foi maravilhoso, Fernando pegou um gel lubrificante e começou a dedar meu rabo nunca ninguém tinha chegado nem perto da minha bunda, mas aquela sensação era deliciosa acabei me entregando Fernando me colocou de lado posicionou seu pau na porta do meu cu e foi enfiando doeu de começou mas logo senti muito tesão com suas estocadas rápidas ele ainda me comeu de quatro e de frango assado me beijando com aquela carinha de safado depois foi minha vez lambi muito aquela bunda gostosa e cravei meu cacete naquele cu gostoso quentinho ele piscava no meu pau e apertava em meus mamilos o que me fez gozar gostoso.
Fernando tirou nota alta no trabalho concluiu a faculdade e virou meu sócio, pagamos antecipadamente o empréstimo ganhando desconto na negociação com o banco e comprei uma casa financiada, Fernando alugou o ap e fomos morar juntos na casa fizemos um contrato de união estável e hoje somos marido e esposo a três anos de muita prosperidade e felicidade.

Autor: Mrpr2

Sobre este texto

mrpr2

Autor:

Publicação:26 de maio de 2014 19:00

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Gays

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 26/05/2014.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*