Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Mais que amizade -3- Vivendo um sonho.

Mais que amizade -3- Vivendo um sonho.
Mais que amizade -3- Vivendo um sonho.

Estou de volta para continuar minha historia, me chamo Cássio me apaixonei por meu amigo de infância, mas ele se casou com uma mulher, eu acabei me envolvendo com outro rapaz, mas ainda com Erick na cabeça. Erick me encontrou nas redes sociais e depois de um tempo passou a me falar sobre seu casamento em decadência mesmo com pouco tempo juntos. Tentei não me envolver, mas após uma briga Erick me liga bêbado chorando fico preocupado e vou a sua casa para saber o que estava acontecendo....

Despertei sentindo um leve toque em minha face abri os olhos e la estava ele Erick me assustei quando me dei conta.
_ Desculpa te acordei?
_ Não, só me surpreendi com a situação deveria ter ido embora, mas acabei adormecendo. Como você esta?
_ Com ressaca, cabeça doendo um pouco, mas ao mesmo tempo foi o melhor despertar ha muito tempo te vendo aqui do meu lado.
_ Acho que o efeito do alcool ainda não passou vou preparar um café forte, pegar um analgésico e depois preciso ir.
_ Não fica mais um pouco aqui deitado comigo.
_ Erick é melhor não, você esta casa do eu...
_ Espera o que e isso em você?
_ Onde?
Nem terminei de falar Erick me beijou a boca coloquei a mão no seu peito e o afastei.
_ Não Erick não quero ser o motivo do seu divorcio, você precisa conversar com sua mulher.
_ Esse casamento foi o segundo maior erro da minha vida, o primeiro foi negar meu amor e fugir de você.
Aquelas palavras me amoleceram e novamente Erick me beijou e desta vez eu cedi ele cheirava meu pescoço, beijava desceu para meu peito chupou forte cada um de meus mamilos. Eu me arrepiava, me contorcia sentindo a sucção de sua boca, o calor dos teus lábios, eu cravava meus dedos em suas costas, mordia seus ombros. Erick colocou seu pau de ante de mim, me oferecendo para que eu o chupasse o que fiz de imediato. Sugava, lambia, seu cacete, seu saco sua viria. Erick apoiou uma mão na parede outra atrás de minha cabeça e fudeu minha boca, seu cacete ia ate minha garganta depois levantou minhas pernas minha bunda e lambeu meu orifício. Que sensação maravilhosa, indescritível sua língua, quente, molhada, áspera em meu cu. Posicionou seu cacete na entrada que ja piscava e me penetrou foi de uma vez tudo ate eu sentir seus pelos em minha bunda a dor foi aguda e meu gemido abafado por sua boca em um beijo cheio de desejo que me fez esquecer a dor. Enquanto me beijava Erick inciou movimentos com seu quadril mexendo gostoso. Erick segurou minhas pernas e acelerou os movimentos, Ele socava forte me olhando com desejo, colocou minhas pernas de lado torci um pouco o corpo.
_ Hummm delicia, quente, apertado gostoso. Nunca mais vou te deixar!
Estava muito gostoso a realização de um sonho, estar ali com Erick.
Erick pediu para que eu ficasse na beira da cama de quatro ele ficou de pe no chão com uma perna e a outra flexionada na cama segurando em minha cintura bombou rápido seu pau entrava forte em mim, mas estava muito bom. Erick gosou e eu logo em seguida deitamos de conchinha e Erick ficou me acariciando, me dando carinho, elogiando.
Ficamos o sábado todo juntos desligamos os telefones, nos amamos muito transamos varias vezes fiz o almoço, assistimos ao jogo juntos, rimos, brincamos transamos mais ao chegar a noite eu disse:
_ Hoje foi um belo sonho uma amostra grátis do que poderia ter sido, mas e quando despertarmos para a realidade?
_ Estou decidido vou pedir a separação, já iria fazer isto antes agora tenho ainda mais certeza.
_ Vai enfrentar sua família, seus amigos o mundo comigo, por mim, por nos?
_ Eu deveria ter feito isso há muito tempo atrás, mas me acovardei e agora eu escolho você.
No domingo acordamos juntos depois de uma transa e de um delicioso café da manhã Erick foi ao encontro de sua esposa para conversarem sobre a separação, porem sua esposa não o recebeu e dificultou as coisas sua família disse que ela estava resolvendo umas questões de saúde e que depois o procuraria.
_ E agora como vamos fazer e se ela não te der a separação?
_ Cássio as coisas não são assim ela não pode simplesmente me acorrentar em um casamento que eu não quero, caso ela insistir não falar comigo entre com um divorcio litigioso e acabo com isso. Erick e eu começamos uma espécie de relacionamento eu praticamente passei a morar com ele, não dissemos para ninguém, disse a minha família que estava em um relacionamento, mas não disse com quem. Erick parecia decidido como há muito tempo eu não o via . Agora havia mais um problema a ser resolvido, mas desta vez deveria ser eu a resolver, Anderson.
Eu procurei Anderson eu estava tão feliz da possibilidade de ter uma vida ao lado de Erick que não tinha me dado conta do que estava prestes a fazer só aconteceu quando bati a campanhia e Anderson atendeu quando eu olhei no seu rosto, como um fleche vi tudo o que vivemos desde que nos conhecemos e meu coração apertou doeu.
_ Aconteceu alguma coisa Cássio? Você estava todo feliz e de repente ficou com uma cara seria triste.
_ Não Nada foi só um pensamento que me veio a cabeça, mas já passou.
Não tive coragem de falar nada com Anderson ele estava tão feliz, tinha acabado de comprar um carro novo, se mudado para um apartamento sozinho e como Erick ainda não tinha falado com a esposa decidi não dizer nada.
Dois meses se passaram, quando estava com Erick me sentia apaixonado e a cada dia eu tentava ficar mais tempo com ele, o que me fazia ter que mentir para Anderson e já não agüentava mais aquilo ele era tão bom, tão carinhoso, não achava isto justo. Decidi que não poderia mais prolongar aquela situação e resolvi enfrentar e terminar com Anderson.
_ Me desculpa Anderson, eu não sei como te falar isso, parece que estou vivendo um sonho, ai tem você... você é tão legal, carinhoso, amoroso... eu é ... bem eu, não acho justo... me desculpa...
Não conseguia falar mais nada era olhar para Anderson que eu chorava sem conseguir completar as frases, mas ele entendeu e disse:
_ È o Erick, não é?
Balancei a cabeça confirmando.
_ Ele quer ficar com você, quer largar a esposa e como você ainda o ama quer ficar com ele não é isso?
_ Me perdoa eu juro que não queria que nada disso estivesse acontecendo você é um namorado incrível, perfeito eu devia me apaixonar por você mas...
_ Eu sei, esqueceu que eu sabia no que estava me metendo quando aceitei namorar com você? Eu sabia que você ainda o amava Cássio, mas pensei que poderia fazer você me amar, mas isso só vai acontecer ou melhor você só vai conseguir amar outra pessoa quando você perceber de verdade que ele nunca vai ficar com você, sempre vai acontecer algo, uma desculpa, um empecilho e eu não vou te obrigar a ficar comigo, não quero isso quero alguém que me ame de verdade, gosto muito de você e se um dia você perceber que pode me amar espero que este sentimento ainda esteja aqui dentro de mim.
Nos abraçamos e choramos muito, Anderson me deu um beijo na testa e eu fui embora.
Erick insistia com a família de sua esposa, tentava falar com ela para resolverem logo essa situação, mas ninguém permitia seu contato com ela apesar disso eu estava vivendo um sonho, preparava o jantar para Erick, quando ele chegava tomávamos banho juntos, jantávamos vendo o jornal namorávamos assistindo a series, filmes, jogos na tv, transávamos todas as noites antes de dormir e o melhor era acordar nos braços do meu amor todos os dias.
Erick recebe um telefonema era sua esposa pedindo um encontro para conversarem. Estou em casa quando Erick bate a campainha abro ele entra o abraço forte o beijo, mas ele não corresponde me afastando diz com a feição seria e diz:
_ Precisamos conversar...

Continua...

Autor: Mrpr2

Sobre este texto

mrpr2

Autor:

Publicação:8 de julho de 2015 15:58

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Gays

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 08/07/2015.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*