Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

O Amigo do meu irmão XI

O Amigo do meu irmão XI
Enquanto Vinicius tomava banho entrei no quarto para arrumar minha mala estava la arrumando quando de repente Beto entra.
_ Hora, hora o que temos aqui se não é meu tampinha favorito?
_ O que você quer Beto? Aqui não tem cerveja não!
_ Qual é tampinha? É assim que recebe um grande amigo que esta te ajudando a manter um segredo é ?
Disse Beto me abraçando com uma das mãos.
_ Sai pra la Beto você esta fedendo a cerveja e suor.
_ Isso é cheiro me macho você não gosta?
_ Se você continuar vou chamar o Vinicius!
_ Eu la tenho medo daquela bixa louca oxigenada eu hem! Olha o que temos aqui? Gostei da jaqueta e olha combina com meu boné.
_ Meu boné voce quer dizer ne?
_ Não, meu boné! Agora ele e esta jaquetas são meus.
Neste momento Vinicius sai do banheiro enrolado na toalha.
_ Ei o que você esta fazendo aqui e com as coisas do Lincon?
_ Não são do Lincon agora são minhas é uma aposta que ele esta me pagando te explica depois ne tamp... quer dizer Lincon.
_ É...
_ Fala a verdade Não fiquei top?
_ É ficou, ficou sim vira um pouco e levanta o queixo. Nossa Lincon ficou a cara daquele cantor que voce gosta qual é mesmo o nome dele?
_Qual Vinicius?
_ Aquele que usa uma jaqueta igual a essa que você ficou louco de cima do seu pai ate ele te comprar e esse bone que o seu irmão te deu de aniversario que você queria tanto, aquele que recentemente se assumiu gay, não to lembrando o nome...
_ Nossa ta aqui na pontinha da língua Vini , mas estou com tanta raiva do Beto que esta me bloqueando.
_ Há bosta é claro que tinha que ser roupa de viado, toma aqui essa porra!
Disse Beto jogando a jaqueta e o boné na cama e saindo esbravejando.
_Haaaaa meu herói!!!! Ainda bem que percebi seu truque seu sabichão, te amo sabia!
Disse abraçando o pescoço de Vinicius e o beijando.
_ Disso eu sabia, o que eu não sabia era das chantagens do Beto, desde quando ele esta fazendo isso? Ele te tomou mais alguma coisa?
_ Não so esse boné e a jaqueta que ele queria levar. Desculpa eu queria te contar mas ele me ameaçou e fiquei com medo.
_ Olha aqui bem no fundo dos meus olhos, não há nada nesse mundo que voce não possa me contar, mesmo que pense que eu não vou gostar, ou que vou sofrer, ou que vou te deixar sempre me conte o que passar por essa cabecinha ou que estiver acontecendo so assim poderemos conversar e tomar uma decisão, prefiro saber de voce do que por outras pessoas.
_ Desculpa, você esta certo.
Vinicius foi para a frente do espelho se pentear e perfumar e me pede para pegar sua roupa. Estava procurando a roupa na mala de Vinicius quando vejo um calção limpo.
_ O que é isso?
_ Meu calção eu achou que eu fosse pelado ou enrolado na toalha?
_ Não, é que você tinha dito que não tinha mais calção estavam todos sujos.
Vinicius baixou a cabeça e disse:
_ Me desculpa eu... eu.. eu não quis emprestar meu calção.
_ Você não gosta de emprestar suas roupas é isso?
_ Não Lincon, eu não queria emprestar meu calção para o Hugo!
_ Mas porque? O Hugo é tão gente boa.
_ Por isso! Exatamente por ele ser “tão gente boa”.
_ Não estou intendendo.
_ Eu fiquei com ciúmes Lincon, ciúmes de você e o Hugo, o jeito como ele te olhava, falava com você minha vontade era de te abraçar na frente de todo mundo te dar um beijo de tirar seu folego e bater no peito gritando que eu era seu namorado que você e meu, meu amor e de mais ninguém e que eu estou apaixonado por você e ninguém vai me tirar de você!
Disse Vinicius com os olhos marejados de lagrimas.
_ Mas meu amor eu sou só seu, o Hugo é apenas um amigo ele é gente boa e so isso, quem eu amo, quem eu quero é você!
Vinicius me abraçou forte e me beijou, nesse momento ouço a porta abrir.
_ Lincon já terminou o banho? Já esta na hora de... Mas que porra é essa aqui?
_ Murilo? Olha so Seu irmão é eu...
Hora seu filho de uma p... “pou”
Murilo acerta um murro em Vinicius
Grito e vou para cima de meu irmão tentando segura lo, mas ele me empurra e eu caio na cama.
_ Mas o que esta acontecendo aqui?
Pergunta Debora que chega junto com Bernardo.
_ Esse traira tarado estava agarrando meu irmão aqui dentro do quarto!
_ Isso é verdade Vinicius?
_ Não eu...
_ É sim seu...
_Para Murilo! Me ajuda Bernardo a segurar ele larga de moleza!
Grita Debora segurando um dos braços de Murilo enquanto Bernardo tenta pegar o outro braço.
_ Calma Murilo não é assim que se resolve as coisas!
_ Eu não quero resolver , quero quebrar a cara desse Judas! Pegando meu irmão indefeso nas minhas costas!!!!!!
_ Nos estamos namorando Murilo o Vinicius não me obrigou a nada eu fiz porque eu quis!
_ Cala a boca Lincon com você eu converso depois.
_ Agora não é hora Lincon!
Diz Debora para mim.
_ Você sabia disso Debora? Sabia dessa sacanagem entre os dois e não me disse nada?
Com medo de que Murilo terminasse com Debora gritei antes que ela respondesse:
_ Não a Debora não sabia de nada! Era tudo escondido.
_ Mentira! Eu sabia.
_ Debora, não!
Gritei chorando.
_ Eu sabia Murilo que o Beto estava chantageando o Lincon, mas não tinha certeza sobre o porque, mas desde que o Lincon me contou da chantagem eu fiquei desconfiada, mas não tinha certeza.
_ Beto? O Beto sabia e estava usando isso para chantagear meu irmão? Me soltem haaaaa!!!!
Corri para a frente de Vinicius Bernardo também estava na frente impedindo a passagem meu irmão conseguiu se livras dos dois que o segurava e correu para fora.
_ E ai cara o que esta acontecendo?
Corremos atrás do meu irmão mas Debora não deixou eu sair da casa.
_ O que você fez Debora?
_ Se tudo der certo seu irmão rompe a amizade com Beto e nos livramos dele de uma vez por todas.
_ E se não der?
_ Não quero nem pensar nessa possibilidade. Fique aqui.
Da janela vi meu irmão acertar um soco bem na cara de Beto que segurou meu irmão no segundo golpe.
_ Pera ai cara o que esta acontecendo? Enlouqueceu?
_ Você seu merda! Me traindo pelas costas chantageando meu irmão o que acha que estava fazendo hem?
_ Há é isso? Então esta tentando bater na pessoa errada é o Vinicius que você quer é ele que esta comendo seu irmão bem debaixo do seu nariz e se posando de amiguinho.
_ Aquele é outro que vou acertar as contas logo que tiver uma chance já ganhou um presentinho, mas vai ganhar muito mais.
_ Cara eu sou teu amigo e estava so querendo te ajudar.
_ Chantageando meu irmão?
_ Murilo, mano você estava boladasso quando chegou aqui todo estressado quando eu descobri o que o Vinicius estava fazendo com seu irmão eu ia logo te contar, mas ai te vi alegre conversando de novo rindo de boa com a Debora resolvi deixar você aproveitar um pouco esse fim de semana relaxar para o que viria pela frente. Sim chantageei sim seu irmão peguei algumas coisas dele, mas acabei devolvendo, minha intenção era de mostrar que eu estava com as coisas quando saíssemos daqui, mas ele me pegou antes. Minha ideia era dele vir tirar satisfação comigo e acabar revelando tudo caindo aquela mascara de bom moço dele e revelar o pervertido que ele realmente é. Juro irmão, minha intensão era so para te ajudar. e depois que você acabasse com a faminha de bom moço dele poderíamos trazer seu irmão de volta pois sei que isso ainda é recente ainda tem chance de mostrar para o Lincon que ele é como nos homem, macho assim como eu e você cara! Eu sei que as vezes pareço implicar com o garoto mas você sabe que vocês dois são como irmãos para mim, os irmãos que eu nunca tive você sabe disso! Acorda Murilão!!! O inimigo aqui é o Vinicius e não eu!
Meu irmão nesse momento desfaz os punhos em direção a Beto e olha para mim na janela com uma cara fechada com ódio nos olhos.
_ Cara eu sou seu amigo, se quiser posso te ajudar a acabar com esse viadinho traíra nunca gostei dele mesmo sempre achei esse jeitinho dele suspeito quantas vezes não te avisei hem? Lembra do que dizia? Não o Vinicius é meu parça, ele não é desses não. Ai esta seu parça comendo seu irmão! E ai eu estou do teu lado e você de que lado esta? Do meu ou do traíra viadinho comedor de irmão?
Neste momento os dois dão as mãos e olhão para a janela com cara fechada.
_ E agora Debora? O que vamos fazer?
_ Rezar Lincon, rezar!

Continua...

Autor: Mrpr2






Sobre este texto

mrpr2

Autor:

Publicação:1 de fevereiro de 2016 17:02

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Gays

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 01/02/2016.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*