Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Sexo a tres, dando a bundinha pela primeira vez.

Ola a todos estou de volta para contar como foi a primeira vez de que dei minha bundinha e também a primeira tranza a três. Bom vamos la, já havia se passado seis meses que estávamos tranzando e eu, apesar disto ainda não tinha dado para ele, não por falta de insistência da parte dele muito pelo contrario ate estávamos um pouco estremecidos por este motivo. No começo estava fantástico tínhamos ate que nos esforçar no trabalho para não nos agarrar e trepar encima das mesas, sofás e camas da loja, toda vez que Leandro me encostava eu me arrepiava todo. Sempre me encochava quando estávamos no almoxerifado, quase fomos pegos varias vezes mas sempre dávamos uma desculpa. Mas depois de um tempo a insistência de Leandro começava a me incomodar não estava pronto para das assim, tinha maior tezão nele meu cuzinho ate piscava muitas vezes mas sempre recuava, via a cara de decepção no rosto de Leandro ele gostava muito de dar se esbaldava mas sentia necessidade de comer um cu de macho ate porque se a esposa também não liberava o buraquinho só a xoxota eu também ate para me livrar um pouco da pressão arrumei uma namorada ela era linda muito gostosa não liberava o rabo mas sua chupeta era incrível só não era melhor que a de Leandro mas comparado as outras ganhava de 100 a 0 .



Leandro saiu de férias e uma semana depois me ligou dizendo que tinha uma surpresa pra mim, era Túlio que aproveitaria o feriado prolongado para visitá-lo e para completar a mulher de Leandro viajaria para casa de sua mãe passar o feriadão a cama esta armada!



Túlio chegou quita feira de manhã, a mulher de Leandro já havia ido quarta a noite, fui a casa de Leandro após a academia pois como ele esperava pela chegada de Túlio não faltou. Chegando lá quem me recebeu foi Túlio todo a vontade só de calção largo sem camisa e pelo volume sem cueca. Entrei e ele me deu um abraço forte dizendo que estava com saudades e perguntou se estava cuidando bem de seu amigo disse que sim que estávamos muito bem na loja e na cama. Leandro veio e estava como Túlio sem camisa exibindo feito um pavão seu peito peludo e um bom volume também em cueca, conversamos um pouco mas logo tive que ir embora, afinal eu não estava de férias e tinha que trabalhar.



Após minha saída Túlio perguntou a Leandro como estava indo as coisas realmente, Leandro depois me contou que disse que estava super orgulhoso de mim na loja que eu era muito dedicado esperto, sempre prestativo com os clientes que as vendas iam muito bem a parceria não poderia ser melhor que eu ate o lembrava de quando ele começou no ramo de vendas, mas que nosso relacionamento estava um pouco desgastado pela minha inflexibilidade em liberar o cuzinho e que ser só passivo não estava dando muito certo, que apesar de gostar muito de transar comigo não sabia se poderíamos continuar dela maneira. Túlio disse para Leandro não se preocupar que conversaria comigo e pensaria em um modo de me convencer ainda naquele final de semana.



O dia passou e a tarde fui direto da loja a casa de Leandro estava louco de vontade de saber o que eles estavam fazendo e doido pra fuder um macho, pois já estava a três dias sem trepar com Leandro só com minha namorada.



Cheguei e como um dejavu quem me atende e Túlio que me diz que aproveitaria que Leandro estava no banho para conversar comigo. Túlio disse o quanto Leandro gostava de mim que ele teceu vários elogios sobre mim, mas estava chateado pela minha decisão, me questionou sobre o porque e que se eu quisesse realmente continuar com um homem sensacional como Leandro ao meu lado que alem de parceiro no trabalho, ótimo amigo ainda um excelente amante eu teria que fazer concessões e muito provavelmente meu medo se transformaria em decepção pois eu o perderia caso não mudasse e teria uma enorme surpresa ao perceber o quanto era bom ser comido por que sabe, e que com o prazer que sentiria acabaria por me arrepender de todo o tempo que eu o recusei, me pediu para pensar e caso mudasse de idéia que eu o lhe desse um toque pois ele tinha uma surpresa para mim e que gostava muito de mim e de Leandro e que ficaria bem mais tranqüilo longe sabendo que seu amigo estava sendo bem cuidado e feliz.



Leandro aparece na sala apenas enrolado na toalha com o corpo ainda molhado, só seu cheiro de sabonete tinha me exitado, Túlio foi a seu encontro deu um beijo de arrancar o fôlego e me chamou vem Marcos que hoje eu quero fuder e ser fudido a noite toda quero ter todo tipo de prazer que mereço.



Mal chegamos no quarto e Túlio jogou Leandro na cama e abocanhou sua rola em um delicioso boquete, empinado sua bunda. Quando viu que eu estava parado na porta, parou de chupar Leandro e disse:



_ O que esta esperando garoto? Um memorando para vim lamber meu lamber meu cu Marcos?



Na hora já comecei a tirar minha roupa ficando totalmente nu dei uma boa encochada em Túlio que voltou a mamar em Leandro, sua chupara era tão forte que chegava a estalar a língua no cacete de Leandro de depois de esfregar bastante meu pau na bunda de túlio ainda de calção o retirei e comecei a linguar aquele cuzão gostoso chio de pelinhos lisos, abria bem sua bunda e enfiava a língua bem dentro do seu buraco babava lá no fundo e cravava a língua novamente comecei a dedar também, mas logo Túlio pediu:



_ Vem garoto me fode, quero ver se você e realmente tão gostoso quanto Leandro diz ou é só apaixonite.



Mas antes ficou na posição de 69 com Leandro que passou a chupar o pau de Túlio enquanto este mamava em sua rola, me posicionei e fu cravando meu cacete no cu de Túlio enquanto entre uma chupada e outra gritava:



_Isso mete..., vai enfia tudo..., isso garoto ..., como é bom..., e muito gostoso, enfia tudo.



O que me deixava mais exitado e bombava cada vez mais rápido,



_Agora vou dar ao meu amigo Leandro o que ele esta precisado a algum tempo alem de me deliciar nesse cuzão peludo gostoso vem tezão.



Mudamos de posição agora Leandro era comido por Túlio que cravava seu pau sem do enquanto eu era chupado por Leandro. Apesar de ter saído a pouco do banho, Leandro já pingava suor . Gozei na boca de Leandro, que gozou sendo enrabado por Túlio que por sua vez inundou o cu de Leandro de porra. Deitamos todos na cama respiramos um pouco e logo que nossos cacetes levantaram túlio disse:



_Agora quero comer e ser comido de uma só vez, vem Marcos vou sentar no seu caralho e o Leandro senta na minha rola.



_ Será que você agüenta nos dois Marcos?



Me perguntou Leandro preocupado.



_ Claro que sim ate parece que não me conhece. _ Respondi.



E assim foi feito, sentei em uma poltrona que tinha no quarto, Túlio sentou em minha rola e deu uma rebolada gostosa e chamou Leandro que sentou no pau de túlio. Como Túlio gemia, gritava e falava coisas obscenas, todo aquele clima, a situação, o cheiro que era exalado, as palavras de Túlio me deixava cada vez mais louco, meu cu já piscava e decidi gritei de repente:



_ Chegou a hora, agora é minha vez de dar meu rabo, Túlio deu uma apertada em meu pau com o cu e depois um rebolada e meu pau, Leandro se Levantou com um sorriso de orelha a orelha e quero que você seja o primeiro e lasquei um beijo em Leandro como ele tinha me dado da primeira vês chupando sua língua forte.



Deitei de quatro e Túlio disse



_Olha só minha surpresa um tubo de lubrificante analgésico, já trouxe esperando trepar o feriadão intero mas agora vamos preparar bem esse cuzinho para ser desencabaçado.



_Antes quero sentir bem o gostinho dele. _Disse Leandro, que abrindo bem minha bunda enviava fundo sua língua, grande e áspera bem no fundo do meu cu, que delicia , começou então a enviar seus dedos em meu cu com o lubrificante enquanto me retorcia de tanto tezão,



_Vou te ajudar _ Disse Túlio.



Deitou de modo que ficamos na posição de 69 começou a me chupar e Leandro a me enrabar colocando a cabeça de seu pau na entradinha do meu cu,



_ Agora relaxa meu menino faz força pra baixo como se fosse cagar abre bem esse teu cu que vou enfiar devagarzinho.



Foi entrando me arregaçando todo, quase pedi para parar meu olhos encheram d’aqua quando senti os pentelhos de Leandro roçando minha bunda e a voz de Leandro em meu ouvido.



Calma meu docinho agora o pior já passou já entrou tudo relaxa que a partir de agora é só prazer.



Ficou algum tempo debruçado com seu peito gostoso, peludo, quente e suado roçando em minhas costas que delicia o ardor de meu rabo já estava a diminuir meu tezão aumentar tanto que inconsciente começava a mexer minha bunda para melhor acomodar o mastro de Leandro dentro e sentir uma cocegazinha. Leandro percebeu e começou a bombar em meu cu, se movimentando cadenciada e ritmadamente. Levado pela exitação do momento pedia para que Leandro enfiasse mais, e mais rápido enquanto fodia a boca de Túlio feito uma buceta. Rebolava, mexia minha bunda para traz procurando o caralho de Leandro e para gente socando fundo na boca de Túlio. Gozei, enchendo a boca de Túlio de porra, com meus espasmos apertei com o cu o cacete de Leandro que não resistiu esporrando em meu cuzinho. Saímos da posição, puxei Leandro e o enchi de beijos.



O fim de semana todo foi uma enorme suruba, um comendo o outro, eu enrabava Leandro que me comia e dava para túlio, que metia em Leandro e eu comia e dava para Túlio, nem fui trabalhar no Domingo que era minha vez so para ficar nessa urgia.



O Feriadão passou Túlio foi embora, mas meu relacionamento com Leandro melhorou muito, agora como e seu comido quase todos os dias, mesmo assim continuo com minha namorada que hoje é minha noiva e penso em me casar, Leandro continua levando seu casamento e sempre que pode o safado do Túlio vem pra gente curtir varias fodas a três.



Se você gostou comente, uma mamada bem gostosa na rola dura de todos e nas mulheres minha língua quente bem fundo em suas xoxotas.

Sobre este texto

mrpr2

Autor:

Publicação:8 de novembro de 2012 22:42

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Gays

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Este texto foi lido 2.268 vezes desde sua publicação em 08/11/2012. Dados do Google Analytics

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

  • rogerio
    Postado porrogerioem30 de junho de 2014 19:52

    Adorei, desde garoto meu desejo e ter um homem me fudendo gostoso, deve ser muito bom ter uma pica entrando no meu cuzinho.

  • Rosalvo Cortez
    Postado porRosalvo Cortezem24 de fevereiro de 2013 00:23

    mrpr2:
    Seu conto é delicioso, pena que inexista revisão.

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*