Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Escrava Do Porteiro

Oi gnt sou a bocta molhada vim contar a vcs 1 nova avntura com o meu porteiro "patrão" no carnaval. Meu patrão viajou e eu tenho a chave do apto., bem perto da hr dele largar (20hs), cheguei no prédio com uma micro saia marrom e com o triangulo da calcinha bem a mostra devido a saia ser justa e a calcinha estar toda enfiada no rabo. Quando cheguei a portaria estava vazia e eu deixei cair a chave (de propósito é claro) e me abaixei sem o menor cuidado, ele com certeza viu todo meu enorme raboe as berolas rosadas da minha boceta raspada, tanto que escutei o murmúrio de "hum que delicia" neste instante minha boceta ensopou só de ouvir a voz daquele homem gostoso a elogiar meu corpo. Então ele disse não vai me comprimentar? Eu voltei com uma cara bemsacana estendi a mão e quando ele tentou segurar minha mão para comprimentar eu desviei a mão e peguei naquela piroka dura e latejante e disse: Te espero lá em cima gostoso. Fui caminhando bem devagar enquanto ele devorava cada curva do meu corpo: subi acendi umas velas arranquei toda a roupa e fiquei só com a minúscula calcinha, e interfonei para ele e disse to peladinha toda arreganhada te esperando, e a porta está aberta, tá? 2 min. depois a porta se abre e minha boceta já latejando de tesão. Ele chega eu na posição de frango assado ele me olha com uma cara de tarado se ajoelha e com uma lingua quente como fogo e macia como 1 seda ele lambeu lentamente do olho do meu cúzinho até a minha boceta, mais bem devagarinho, enfiando a lingua dentro dela tão devagar e tão gostosoque quando chegou no meu grelo e deu a primeira sugada eu explodi num gzo forte e enlouquecedor urrando feito uma vaca no cio e quicando na cama como uma amazona bem adestrada, quase perdi os sentidos tamanha a força da gozada, e quando recuperei o folego vi aquele DEUS de Ébano completamente nú ajoelhado se deliciando com minha boceta inxada e raspada. Ele deve ser viciado em chupar boceta tamanha a destreza e a desenvoltura que ele mamava! Ele mamava tão devagar e tão gostoso que me fez gozar umas 5 vezes em sua boca hr com 3 dedos enterrados na boceta e 1 no cú e hr com 4 na boceta me deixando dolorida e esfolada, mais louca de tesão. Ele me botou de 4 arreganhou meu rabo meteu aquela lingua quente no me cú! Ele piscava pedindo piroca e não demorou ele apontou aquela rola inxada no meu cuzinho quase virgem. Ele só com a saliva foi empurrando aquela piroca gostosa e ressecada me fazendo sentir cada milimetro daquela enorme piroka no meu cú. Quando faltava metade da rola ele com uma reboladinha sensual e deliciosa entewrrou o resto da piroka de uma só vez. Eu quase chorei de dor e prazer ele socou tanto e com tanta força que meu cú parecia que ia estourar, eu siriricando a boceta e gozei tomando no cú e gritando: -Come é bom tomar no cú caralho, fode este cú porteiro filha da puta. Ele não demorou e anunciou o gozo tirou a rola do meu cú e me mandou mamar eu falei q não pois estava no meu cú. Neste instante ele me mandou calar a boca com os olhos e meteu a piroka quase q guela abaixo e fazia movimentos como se estivece fudendo minha boca. Ele urrou e espeliu jatos quentes de porra bem grossa direto na minha garganta, eu engasgando e engolindo o leite daquele porteiro abusado e safado. Ele caiu desfalecido e eu estava puta por ele ter me forçado mais feliz por ter bebido porra pela primeira vez! Ele não satisfeito me pos de joelhos e começou a se masturbar batendo com a piroka na minha cara eu não aguentando aquela mistura de cheiro de gozo dele misturado ao meu, tasquei a mão na minha boceta dolorida e comecei a me masturbar frenéticamente até que gozamos juntinhos parecendo que estava sendo orquestrado por cada jato de porra jogada na minha cara., era um espirrode néctar que eu dava no chão! Ele me ergueu e disse: Eu te quero pois você virou 1 vício. Eu lisongeada e apaixonada não consegui dizer uma palavra apenas olhar aquela beldade sair e bater a porta! Eu to tarada fissurada naquele homem e no próximo conto digo como foi a surpresa que preparei para deixar este porteiro viciado na minha portinha!!! Bjs a todos e até o próximo e delícioso conto! Vou me masturbar, Rs.

Sobre este texto

NegaNegoCC

Autor:

Publicação:23 de setembro de 2012 00:59

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Casal

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Este texto foi lido 577 vezes desde sua publicação em 23/09/2012. Dados do Google Analytics

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*