Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

E o raio cai de novo no mesmo lugar!

E o raio cai de novo no mesmo lugar!
Amigos, havia prometido no ultimo conto que não iria mais produzir baseado em fatos reais, mas considerem esse aqui um “bônus” que está mais para uma crônica do que um conto propriamente dito. Já deixei claro, que a procura do chat UOL é apenas um último recurso que eu uso para aliviar o tesão. E nessa crônica, vou exorcizar isso.

No rastro do vazio deixado por Roberto, ainda machucado por LUKAS (leia nos meus outros contos) eu decidi tentar seguir com a vida e ver se eu encontrava alguém que não servisse apenas de analgésico emocional para mim. Após dias de buscas frustradas e ofertas bizarras de sexo, eis que encontro a quem chamarei nessa crônica de Juliano.
Juliano apareceu à primeira vista uma pessoa resolvida, já experiente e acima da casa dos 30 e afim de sexo, não apenas por sexo.... Conversamos com o bastante para ambos se sentirem seguros e evitarmos ciladas. Marcamos de nos conhecermos pessoalmente, então Juliano me convidou para ir a casa dele.

Ao chegar lá não rolou o sexo logo de imediato, mas sim uma boa e divertida conversa. O que eu pensava sobre ele se confirmou. Um cara legal, decente e honesto. Enquanto conversávamos, escutávamos música. O papo fluiu de uma forma muito boa, ambos contamos nossos casos sobre ex-relacionamentos.

Estávamos sentados conversando e ele me beijou. Foi algo bacana da parte dele tomar iniciativa, ficamos deitados no sofá se beijando. Como o clima esquentou, ele me convidou para ir ao quarto dele. Lá deitamos e acabamos se soltando tanto um pouco mais. Fizemos um 69 fabuloso e não transamos de fato. Mas para mim valeu a pena.

Depois de um tempo, voltamos a sala e continuamos a conversar e foi aí que eu acho que eu cometi um erro. Eu disse a ele que eu escrevi contos “eróticos” sobre meus dois últimos relacionamentos. Ele não se surpreendeu de início, tanto que me pareceu curioso sobre isso. Enviei o conto do LUKAS (Vou te contar uma história que não acabou bem.) Ele disse que gostou...

Sou muito honesto e sincero com as pessoas que eu quero me relacionar, e após a partida do Roberto (POR QUE AS COISAS NÃO SÃO FÁCEIS?) E tendo a possibilidade de conhecer melhor o Juliano. Eu precisava exorcizar a falta que Roberto me fazia (ainda faz) terminei o conto e perguntei se ele queria ler. Ele disse que sim.

Após um tempo, ele disse que havia gostado e que os contos eram bons. Mas algo não estava como antes. Outrora nossos papos eram gentis, palavras de atenção e carinhosas. Algo estava estranho, algo que ele leu no conto que ele não gostou mesmo. Algo ali escrito deve ter assustado ou criado um sentimento de asco sobre mim. Chegou a ponto de bloqueio no Facebook por parte dele e esbarrões pelo chat. Pelo visto, o raio caiu duas vezes no mesmo lugar. Juliano não foi ruim como LUKAS, mas saiu da minha vida de maneira tão estranha quanto. Não estou comparando as situações, mas que foi assim foi. Desconfio que Juliano lerá essa crônica, aqui nesse site.

Acho que uma coisa não ficou clara sobre o Personagem Odin, pois este é o que eu uso para externalizar algumas coisas que ficam dentro de mim e não consigo faze-lo verbalmente. O Odin, alter ego que eu uso, me faz ser intocável e um tanto inacessível na web. Porem eu me torno mais fácil e acessível quando eu me sinto seguro. Odin é apenas um signo, algo que a semiótica de Santaella explica. Eu pareço, mas não sou....

Enfim, lamento que tenham lido até aqui e não encontrou nada erótico. Mas é algo que eu precisava contar para encerrar essa página ou quem sabe esse capitulo do meu livro da vida.

Recomendo como música para acompanhar essa crônica.

I Fucked Up da Cantora Madonna.

https://www.youtube.com/watch?v=99ST6U80QzU

Sobre este texto

Odin (H)

Autor:

Publicação:27 de abril de 2015 00:18

Gênero literário:Crônica erótica

Tema ou assunto:Gays

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 27/04/2015.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*