Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Depois de muito tempo a Travesti me arrombou novamente

Isso que conto agora aconteceu neste ultimo fim de semana 13/07/13. Depois de um ano e meio reencontrei no facebook uma travesti que eu sempre ficava com ela, na época eu era solteiro e saimos direto e eu sempre virava um verdadeiro viadinho bem passivo nos braços dela, já contei essa história aqui.
Eu criei um perfil no face com outro nome e adicionei a travesti, ela adorou me reencontrar, conversamos e daí marcamos pra sair no sabado, esposa viajou pra casa dos pais no interior, então eu peguei a travesti no local combinado no carro ja nos beijamos muito e eu ja tive que dar uma mamada ali mesmo, ela me endagou porque tinha sumido e contei que tava casado e tudo, mas ficou na boa, então fomos pro motel e lá muitos amassos e pegação e beijos e apos eu mamar muito o cacetão, ela começou a ennfiar um depois dois e depois tres dedoes no meu cú, que por sinal tava apertado, pois tinha um ano e meio sem levar pica. Então depois dos dedos no meu cú que tava bem melado ela começou a meter o cacetão, demorou muito pra entar os primeiros centimentro, mas depois de muito esforço entrou tudo, eu não sabia se gemia de dor ou de tesão, pois vinha os dois sentimentos ao mesmo tempo. Depois de muita bombada no meu cu eu gozei e dai ela tirou o pau do meu rabo e eu mamei até ela gozar muito.
Bebemos algumas cervejas e começamos de novo os pegas, ela passou lubrificante no meu cú e meteu o pau então depois de umas enfiadas eu não tava aguentando, tentei impurrar ela de cima de mim mais não consegui, eu tava de frango assado e ela tava segurando minhas pernas e pressionando contra meu corpo, nao tive chance de sai daquela situação, ela socou tão forte que meu cú começou a peidar e pela posição que eu tava de frango assado, meu cú já bem esfolado entrava ar entre uma socada e outra e fazia barulho de peidos e a travesti que tava bem tarada socava com mais violencia e rapidez e assim ela terminou gozando dentro do meu cú, com camisinha claro, depois eu chupei o cacete dela e quando passei a mão no meu cú eu pude sentir como estava arrombado.
Fiquei tres dias com meu arrombado, só depois desse tempo ele voltou ao normal. Agora já estamos combinando outra foda, dessa vez vai ser na casa dela.

Sobre este texto

Palto

Autor:

Publicação:19 de julho de 2013 02:04

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Gays

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 19/07/2013.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*