Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Na fisioterapia

A idade traz sabedoria, as experiências nos valem de alguma forma. Todos querem, na verdade, se fosse possível, é ter a cabeça de hoje com o corpo de ontem. Mas, como disse o poeta, “o tempo não para no porto, não apita nas curvas, não espera ninguém”.
Desta forma me encontro às voltas com fisioterapia para curar uma dor no joelho.
Em cada porta que entramos, seja de onde for, sempre podemos encontrar o desconhecido. E foi isso que aconteceu. Na mesma clínica encontrei um lindo garoto, se recuperando de um acidente de moto. Pelas conversas parece que é casado. Algumas vezes o flagrei olhando para as minhas pernas, enquanto eu, sofridamente, levantava pesos e fazia alongamento. Todo dia, no mesmo horário, estávamos lá, felizes com os avanços alcançados. Conversa daqui, peso dali, ultrassom, gelo....
Os que querem privacidade ficam em box separados por cortinas. Um dia, ele resolveu ir para um box. Deitava, levantava, buscava algum aparelho e voltava. Sem me dar conta das conseqüências me ofereci para pegar os aparelhos para ele, visto a sua dificuldade de locomoção e ele aceitou. Ao terminar um exercício pediu que eu pegasse uma bola, que colocava entre as pernas para apertar, fortalecendo a musculatura. Peguei a bola e levei ao box. Ele imediatamente fechou a cortina e antes de me beijar levantou minha blusa, um top de ginástica, e olhou meus seios e disse: tenho sonhado todas as noites com eles. Me beijou ardentemente enquanto apertava o objeto dos seus sonhos. Nossa respiração aumentada, coração disparado. Ele pegou minha mão e colocou sobre sua bermuda jeans. Pude sentir a firmeza do seu membro e o tamanho do seu desejo. Ouvimos um barulho, ficamos inertes e a fisioterapeuta perguntou-o se havia terminado. Ele disse que não e pediu a ela um pouco de água. Enquanto ela foi buscar, saí rapidamente e voltei aos meus exercícios. Ele se levantou colocou a bola no lugar, passou por mim e disse baixinho: meus sonhos agora serão outros. A fisioterapeuta chegou com o copo de água. Ele foi bebendo bem devagar, passando a língua pelos lábios e olhando para mim. Não fui no dia seguinte á clínica. Amanhã estarei lá. Faltam quatro sessões para acabar e fico pensando que sonhos ele sonhou e se conseguiremos realizá-los.

Sobre este texto

Sarinha

Autor:

Publicação:15 de agosto de 2011 19:58

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Casal

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Este texto foi lido 980 vezes desde sua publicação em 15/08/2011. Dados do Google Analytics

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

  • Sueli
    Postado porSueliem1 de julho de 2013 10:25

    E ficou nisso? não é possível...vocês não se encontraram mais?

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*