Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Você faria?

Só sei que acordei naquela sala, com o Gabi trazendo café... Eu pensei nossa que fofo. Mas logo me assustei e perguntei "Gabi, eu to morrendo de vergonha...mas eu to doida pra te pergunta se a gente dormiu aqui... sabe?" Ele riu da minha cara e falou que a gente pegou no sono. Eu tomando café e pensando, esse garoto ta gozando com a minha cara? ele não sabe o que quer, esse muleque é mais novo dois anos e quer me intimidar, só pq parece um homem mais velho com esse corpo mas esse jeitão de garoto gostoso... Pronto eu já tava olhando pra ele de novo. E ele só me olha e sorri. Passamos o dia na piscina de brincadeiras, com toques que pareciam ser sem querer mas que me endoidavam... Até que os amigos dele bateram com uma carne aqui em casa. No fim chegaram 18 homens e umas 9 10 mulheres... Achei divertido, comemos, dançamos até que o Gabi começou a me instigar a dançar com as amigas dele, ele sorria e falava que queria ver. fiquei no bar da piscina dançando com uma amiga dele, foi quando os amigos brincaram e ficaram gritando pra gente "beija, beija, beija..." A gente insinuava que ia beijar, mas não fizemos nada. E o Gabi ficando meio brabo mandou o pessoal em bora. Entramos em casa, fiquei quieta e ele veio perguntar se eu precisava chamar a atenção desse jeito. Eu enfureci, respondi que ele mesmo começou com a brincadeira. Ele se deu conta e pediu desculpas, disse que só não quer que se aproveitem de mim que homem é foda... Eu insisti com ele na história que eu era mais velha e que sabia me cuidar. Ele disse que sou mais velha mas sou mulher, que ele é meu primo, irmão, e tem que tomar conta de mim. ri e chamei ele de antiquado, mas achei tão lindo!
Uma hora mais ou menos depois, ele veio no ofurô, onde eu tava no jardim e pediu se poderia se desculpar com uma massagem. Eu falei "a casa é sua". ele entrou, começou a massagear meus pés, minhas pernas, minhas coxas, minhas costas, ombros, deixou a mão escorregar no meus seios... sai do ofurô falando que tava com fome, e ele veio atrás jápedindo o que eu queria comer, se íamos sair... Eu falei pra pedirmos algo e que eu estava gostando mais de ficar em casa naquele finde. quando pedimos uma pizza o telefone dele tocou. Era o amigo dele, ele atendeu no viva voz, Amigo:"eai, vai se esconder em casa só por que ta com a prima boa?" O Gabi tirou do Viva voz rapidão e saiu de perto de mim. Quando voltou eu estava com as mãos na cintura esperando para saber qual era. Perguntei se ele não gostava dos amigos para me apresentar, se estava com vergonha de mim ou o que. Ele me deu um puxão pela cintura e falou "tu é minha priminha". Falei que era prima dele sim, mas que podia conhecer os garotos...

Sobre este texto

Sereia Catarina

Autor:

Publicação:3 de maio de 2015 20:33

Gênero literário:Depoimento erótico

Tema ou assunto:Exibicionismo

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 03/05/2015.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*