Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

A casa estava vazia

A casa estava vazia
Entrou em casa certa de encontrar seu amor sentada no sofá lendo um livro ou assistindo um filme. O silencio da escuridão esvazio seu coração era como se tivesse perdido algo muito pessoal. Sem entender o que estava acontecendo andava pela casa abrindo portas, acendendo luzes e chamando por Helena. Um turbilhão de pensamentos invadiram sua mente, sentiu-se culpada pela sua frequente ausência e por ter negado a viagem que ela tanto queria. No fundo sabia que poderia dar um jeito de viajar, mas negou sem fazer esforço. Abriu as portas do armário e ficou feliz em ver as roupas de Helena, arrumadas intactas, ela não tinha ido embora. Pela janela reparou que as luzes do apartamento de frente, onde morava uma jovem chamada Luciana, estavam apagadas. Helena estava com Luciana, concluiu. Ligou para Helena, o celular chamava e não atendia. A sensação de perda agora se transformava em raiva. Helena estava com outra e ficou furiosa. Decidiu que assim que ela chegasse a colocaria para fora de casa. Em sua mente imagens de Helena e Luciana na cama entre beijos, lambidas e gozos se alternavam, ouvias os gemidos de prazer de Helena e lembrou que já não transavam com a mesma frequência nem com o mesmo ardor. Sentiu um aperto no coração, não podia admitir uma traição, não depois de cinco anos juntas. Uma dose de whisky, outra,outra e outra. O casanço pesou em seus olhos e adormeceu no sofá com o copo na mão.
Entrou em casa e ficou surpresa ao vê-la sentada no sofá, se aproximou devagar e tirou o copo de sua mão. Ela abriu os olhos e sorriu ao ver Helena. Caminhando para o quarto sem saber se tudo não fora uma sonho ou pesadelo pensou em voz alta:
- Eu te perdoo.
- Eu não, fiquei com os ingressos na mão e tive que assistir o filme sem você.
- Filme? As palavras de Helena soaram como um café forte que a despertaram.
- Putz,esqueci do filme. Sem forças se ajeitou na cama pensando em todas as bobagens que passaram pela sua cabeça.
- Pois é... a minha sorte é que encontrei com Luciana, a vizinha de frente.

Apagou a luz do quarto.

Sobre este texto

Sr.Abade

Autor:

Publicação:15 de abril de 2012 21:38

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Lésbicas

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Este texto foi lido 663 vezes desde sua publicação em 15/04/2012. Dados do Google Analytics

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*