Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

"QUE LOUCURA PODE FAZER O PRAZER DE TRAIR."

"QUE LOUCURA PELO PRAZER DE TRAIR."

Não vou citar nomes mais caso escreva algum será totalmente para poder me interpretar facilmente e vocês se interagirem melhor.
Eu trabalhava em uma entidade ja fazia uns 9 anos e com a mesma administração.Todos casados e quaze com a mesma idade, beirando seus 61 a 66 anos . Óbviamente que ao publico que eu atendia não havia nenhuma restrição em se relacionar, paquerar normalmente ou qualquer atitude que poderia me envolver pessoalmente com alguma mulher. Já entre os funcionários só havia alguns casos que todos ja sabiam, mais faziam de conta que nem imaginavam. As poucas casadas que trabalhavam na firma eram de idade ou jamais rolou quimica alguma. Em 1995 solteiro tive meus relacionamentos com algumas solteiras e novatas, mais nada como na rua em finais de semana.
Avançando novamente para quando estava com 9 anos de registro na empresa e já com algumas aventuras com meu enorme tesão em mulheres casadas ou somente em um relacionamento, já virava motivo de criar fantasias loucas na mente e meu tesão sem mensão alguma de acabar. Está loucura que vou relatar, foi de puro momento e totalmente inesperado. A firma fez uma viagem em outra cidade do litoral sul para passar um dia de carteado, piscina e churrasco! Alguns acompanhados e a grande maioria solteiro. Da diretoria somente um foi e ainda levou sua esposa que poucas vezes aparecia na entidade até mesmo porque também trabalhava período integral. Bem jeitosa com cabelo curtinho e uma tatuagem no pescoço e outra na perna, sempre se manteve normalmente na dela somente as vezes me comprimentando com mais vontade e expressão feliz e outras basicamente. Iniciamos o carteado e a grande maioria ja de sunga outros de shorts, pois ja começava a esquentar. Não podíamos perder um minuto daquele unico dia de diversão. Mais o que me surpreendeu foi quando derrepente vejo a esposa do meu patrão me secar da cabeça aos pés e percebendo que eu notei, meio que sem jeito mais percebi. Nada ainda de alcool havia sido servido e foi assim mesmo seu marido bem ao lado de costas na churrasqueira e ela sentada e me secando. Bom mergulhei e fui jogar tranca sentado em uma cadeira que pudesse saborear aquele olhar que me deixou surpreso, mais muito exitado e como estava sentado nada poderiam notar! meus olhares eram de retribuir, pois somente olhava em seus olhos e demonstrava estar adorando ser desejado.
Bom inciou a bebida, comida e alterações rapidas de humor, gargalhadas e aqueles olhares ja acompanhados de sorrisos de desejo, mais nunca imaginaria ter alguma coisa com aquela provocadora de um tesão naquele momento! Já eram umas 4 horas da tarde quando uns ainda jogando outros deitados na beira da piscina e tanto ela como o marido deitados em duas redes! Lembro bem que ela com seu marido roncando e eu ja dominador de transmissão de desejo, olhava somente para ver se eu me encontrava no mesmo lugar.
Só sei que não aguentei me levantei e fui pra dentro da casa mais que tinha saida pela sala para um enorme espaço de grama e mais adiante um arbustos que ja não faziam parte da casa. Logo fui para dentro mais fiz questão de passar no meios das redes e peu penis saindo praticamente da sunga fui, pois nem pensava em perigo só sabia que logo ele acordaria e falaria vamos pessoal. Como havia ainda mais ou menos uma hora usei de tudo e ao passar ao lado dela forcei meu membro e ela olhou que não aguentou, pois quando olhei para tras ela acabara de olhar para ele se levantava vindo em minha direção! Não tinha mais nem noção de tempo ou perigo, pois o tesão naquela hora me fazia cometer qualquer loucura! Quando ascendo um cigarro escuto ela me chamar e dizer: -Da para esperar um pouco? Eu logo respondi:
-Desculpas nem percebi que estavas me acompanhando. E ela chegando mais perto com aquela tatoo no pescoço e somente o biquini por cima e um shorthsinho por baixo, não aguentei pedi desculpasa segurei-a pela mão e entramos dentro de um arbustos logo ao lado.
Mais o tesão era tão grande que mesmo eu ter bebido e sabendo controlar com a mente minha ejaculação eu estava perdendo o controle e era só chupadas e arranquei sua parte de cima e ela falava como pode um corpo desse e eu nunca ter reparado? Ela gritava o corno do teu patrão é estereo mais quero que gozes tudo dentro de mim! Eu somente ja chupando aquela xana vermelhona e molhada nada retrucava somente queria dar prazer ao máximo antes de gozar como uma mijada, pois não transava a 2 semanas, ela puxava tanto meu cabelo que chegou a meter seu cu na minha face e dobrando meu pescoço fortemente para traz! mais chegara minha hora e sem imaginar a loucura nem naquele cu eu queria gozar, preferi a quentura e desejo da tamanha xana me desejando! A peguei pela cintura e deitando seu corpo um pouco para baixo ficando mais ou menos aquela xana pra cima e seu tronco para baixo em uma pequena descida que havia naquele local. Foi fatal para encaixar meu pau latejando inteiro nela e ainda dizer você será minha a hora que eu bem desejar, ela ainda respondendo enquanto estivermos juntos seu malandro(gritando grossamente), serei sua e te darei tudo mais enfia e goza tudo la dentro, vai...... Eu com tremenda raiva do que ela acabara de falar a puxei pelo cabelo e deixando os dois de frente um para o outro eu disse:
Te quero e te possuo a hora que bem entender sua vaca, mais nunca mais repita essa safadeza de te darei de tudo, pois o tudo será seu corpo assim ólha! Ela aos gritos gozando e tremendo novamente, não aguentava quando enfiei por traz trez dedos de uma só vez em seu cú enquanto atolava e deixava profundamente minha rola gozar, mais gozar a ponto de eu dizer : Você é tudo de mais maravilhoso!!!!!
Mais a loucura maior foi nem pensar no momento daquele tesão que meu antigo patrão é estereo e ela tanto pode ter filho como estavam tentando na época fazer uma insiminação, mais aquela loucura não é que atrazou sua menstruação e ela pouco falava nos dias atrazados mais estava notório sua vontade de ser mãe! Mais não naquela loucura para minha sorte! Mais foi um tesão de se lembrar de cada detalhe!
abraços,
tonlivre

Sobre este texto

tonlivre

Autor:

Publicação:25 de maio de 2014 18:40

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Fetiches

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 25/05/2014.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

  • TON ANDRADE
    Postado porTON ANDRADEem27 de julho de 2015 16:52

    VOU LER TODO MES, SHOW

  • TON ANDRADE
    Postado porTON ANDRADEem27 de julho de 2015 16:51

    CARACAS VOU LER TODO MES, SHOW

  • Vagner
    Postado porVagnerem30 de maio de 2014 03:27

    Ótimo!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*