Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

O Mineiriho perdido em Guaianases!

O Mineiriho perdido em Guaianases!
O Mineirinho perdido em Guaianases:
Olá a todos tenho 35 anos sou negro, possuo 1,72 de altura peso 58 kilos , corpo inteiramente liso com pelos somente nas paartes pubianas, bunda lisa,natural e empinada,dote de 19cm,x2,5 reta e gostosa me considero bonito rosto liso sem bigode com traços finos.
Moro na zona leste em guaianases, sozinho em um apartamento de 44mts² e exerço minha sexualidade de forma plena, sou gay assumido ativo passivo e adoro uma aventura inusitada todavia não sou afeminado e relativamente discreto no trato social,sou profissioanl liberal e bem resolvido.
Usarei o cognome de pantera da negra,(Black Panther).
Mas bem vamos ao conto, o que passo a narrar aconteceu em novembro de 2017 era uma tarde calorenta de uma quarta feira por volta da 16:30 minutos estava eu entediado com um impulso sexual desenfreado morrendo de tesão a fim de ´ar uma boa trepada e resolvi ir `à caça, sair tomar umas brejás e arrumar uma boa rola.
Resolvi descer a pè a avenida nordestina e ir até a estação nova de guaianases então botei uma calça jens bacana e justa e uma camiseta azul bem maneira tenis e me joguei na estação. Chegando lá entrei em um dos vários botecos existente ali e pedi uma cerveja gelada e fiquei espreitando o movimento pois ali rolam muitos carinhas no perfil que gosto.
Tipo mano que curtem uma boa sacanagem no sigilo, fiquei por ali tomando cerveja coisa e tal e um muleke negro vestindo camista azul e shorts t ec-tel da mesma com chinelos e cabelos raspados, exibindo uma mala enorme sob o shorts, ficou me observando.
Olhou em minha direçaõ e me comprimentou com um aceno de cabeça e se aproximou da mesa.Me apresentei e o convidei à sentar e tomar cerveja comigo o que ele fez de pronto.
Perccebi de cara que ele era usuário de droga e menor de idade, ele me revelando que tinha dezeseis anos de idade e que ele era do tráfico de drogas que trabalhava numa boca da região.O tratarei por muleke:
Ele percebeu que eu sou gay e passou a se exibir para mim suspendendo o shorts e deixando à vista belas coxas bem torneadas e exibindo seus pelos pubianos na base de alisar o corpo como quem não quer nada me despertou tesão mas resolvi deixa-lo para outra ocasião formamos uma coletividade e deixei na reserva pois mora próximo a mim.
Mas este fica para outro conto ok?
Por volta de umas oitos horas da noite resolvi ir até a estação velha de guaianases para comprar cigarros e o muleke colocou um coroa de cerca de trinta anos para fazer minha segurança, cheio de cuidados,(risos). Fui comprei dosi maços retornei com o tal cara me acompanhando. Quando cheguei á estçaõ nova e próximo ao bar por volta de dezenove e quarenta e cinco horas. O tal mineirinho estava sentado a beira de canteiro de jardim me abordou:
Mineirinho: Oi voce pode me dar um cigarro? e abriu um sorriso lindo para mim que me cativou na hora.
Eu nada bobo sentei-me ao seu lado e começamos a conversar dei o cigarro e fomos para uma mesa tomarmos cerveja. Ele o mineirinho era u cara alto de cerca de um1,78mt, moreno claro de peso compativel ,extremamente bonito de rosto e corpo com tatuagens nos braços com vinte e quatro anos de idade. Um tesão um achado naquela tarde e noite fiquei com meu tesão a mil.Bebemos conversamos e notei que ele estava portando duas mochilas de porte médio,quis saber a razão ele me contou:
Que era de Uberlândia (MG) e havia conhecido lá uma mulher mais velha que ele vindo a morar aqui com ela a cerca de quatro anos e a desavisada havia o colocado para fora de casa pela terceira vez por causa de farra e mulherada dele.
PN: Sorri sinicamente e perguntei, há mais você só pega mulher?
Mineiriho: Rindo disse, eu já havia percebido seu enteresse em mim, eu até fico com gay mais só como não dou não.Esta frase foi música pros meus ouvidos homos e devasso já estava garantida minha foda para aquela noite.OBS. uma breve reflexão de minha parte como que uma mulher me bota na rua um gostoso daqueles tá na cara que outra(o) irá pegar e levar para a casa e a cama e foi o que eu fiz,(risos).
Além dele ser muito gostoso o que me cativou nele foi aquele sotaque mineiro e um certo ar de inocência do interior não usava drogas e ficou grato de acolhe-lo em casa por uma noite. Paguei a conta e no meio da avenida nordestina de volta paramos e comemos uma pizza como velhos conhecidos. Chegamos em casa lhe indiquei o bnaheiro no qual ele tomou um banho e quando saiu estava eu desvergonhadamente esperando para secá-lo e acariciar aquele corpo mascúlo definido e vigoroso.
Não ressitir e ao sentir aquele cheiro de macho com sabaonete de banho,air de boca e comecei a abocanhar sua pica que possuia tamanho mediano e não era muito grossa, permitindo que a engolisse e batesse campainha no fundo minha garganta.
Ele ficou louco sentir suas pernas tremer ele urrando de tesão abafando, gemidos , haja vista que estava de pé e eu de jolhos no meio de minha sala engolindo aquela rola maravilhosa e cheirando seus pelos pubianos. Deitei-o no sofa e o chupei deliciosamente de subito louco de tesão coloquei uma camisinha que deixei estategicamente sobre a almofada do sofá.E sentei naquela cacete que escorregou bem fundo pelo meu cú permitindo que eu o sentisse no fundo e comecei a cavalgar, misturou-se uma dor fina com o prazer e passei a morder seu cacete com o meu anús o comprimindo ele de olhos fechados segurando forte a minha cintura e empurrando o pau pra dentro socando vigorosamente.Quando sentir que o gozo se aproximava saltei do seu colo e cacete e tirei a camisnha, passei a chupa-lo novamente com vigor acariciando sua prosta com minha lingua e sovendo gulosamente suas bolas. Senti então seu cacete inchar em minha boca e jatos de gozo que encheram minha garganta e boca aos quais de pronto engoli tudinho sem cerimonia sem tirar o pau dele da boca. O mineirinho segurou minha cabeça enquanto gozava e forçou o pau bem fundo em minha garganta ele relaxou e eu limpei aquele pau todinho chupando e lambendo sua glande e extremidade. Terminei fui tomar um banho toquei uma punheta em baixo do chuveiro enquanto ele deitado nú no meu sofá fumava e via televisão um Deus grego.
Na manhã seguinte nos despedimos ele tomou seu rumo e não o vi mais pelas minhas andanças então.
Uma transa maravilhos a sorte do acaso como gosto, infelizmente ele não veio a minha casa mais não por falta de convite meu. Acredito que deva ter voltado para sua mulher incalta que põe um monumeto daqueles na rua a merce de outra bocas,(risos).
Espero que tenha gostado é fato veríco e não de ficção e se possivel votem se desejarem.PS got milk não recomendo e não estimulo previnam-se sempre.

Sobre este texto

Black Panther ZL

Autor:

Publicação:12 de janeiro de 2018 05:36

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Gays

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 12/01/2018.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*