Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

HELEN E O NEGÃO

                                             HELEN E O NEGÃO
Ola me chamo Helen, sou engenheira agrônoma, tenho 26 anos, casada há um ano. Sou morena, cabelos longos 1,80 67 kg, seios e bundas grandes.O que vou lhes contar aconteceu comigo no ano passado quando estava com 4 meses de casada.
Assim que nos casamos mudamos de cidade devido ao emprego de meu marido que é gerente de uma loja de peças automotivas, mas eu uma nova cidade desconhecida ainda estava desempregada, em nossa casa tem um piscina e eu sempre gostava de curtir as tardes nadando em quando estava sozinha.Um dia o motor que bobeia água da piscina para filtro para trata-la estragou meu marido então disse que teria q contratar um eletricista para solucionar o problema, mas que não sabia onde ia arrumar um e por uns 2 dias o motor ficou enguiçado.
Era uma sexta feira a tarde,coloquei um maio azul marinho, cavado no bumbum e estreito na frente e como de costume fui nadar um pouco na piscina, era um maio novo estava achando ele muito apertado, sai da piscina e pensei em troca-lo, mas ai veio a minha cabeça, estou sozinha os muros em volta são altos porque não nadar nua? Então resolvi ficar pelada e mergulhar, senti uma verdadeira sensação de liberdade, sai da piscina e senti a água escorrendo pelo meu corpo, chegando na vagina e pingando no chão, nunca pensei que praticar o naturismo fosse tão prazeroso, me olhei nua percebi meios bicos do seios endurecendo, apertei meus dois seios com a Mao, fui descendo ate minha xoxota, com poucos pelos no centro bem aparados, então comecei a me masturbar, então depois de um tempo no ápice do prazer, o meu celular toca tirando minha concentração, resolvo atender e era meu marido dizendo que tinha contratado um eletricista para arrumar o motor da piscina, que logo ele chegaria em casa e era pra mim mostrar o problema para ele pois ele não ia poder ir junto. Penso em ir me vestir para quando o eletricista chegar, então pego meu maiô na beira da piscina e nisso escuto o interfone, olho na câmera e era o eletricista, um homem negro forte malhado de mais ou menos uns 40 anos, apressado já ia saindo de frente a porta, então pelo interfone peço para ele esperar q já estou indo, ai resolvo so colocar o maiô para ser mais rápida, por causa do cloro da piscina meus olhos estavam vermelho e optei em colocar um óculos escuro.
Ao abrir a porta so de maiô percebo ele me conferindo de cima em baixo, fico um pouco sem graça e chamo ele pra entrar, mostro o motor a ele, ele pede pra mim abrir a porta da casinha onde o motor fica, e ao passar a frente dele para abrir percebo ele olhando meu bumbum, então ele sei deita percebo o volume na calça dele, estava com o pau duro, e aquilo me exitou muito, pois afinal de contas, pelo menos , para mim, é um elogio grande um homem ficar de pau duro por te ver, independentemente da situação, depois de um tempo ele soluciomou o problema, testou o motor estava tudo ok, ele pediu água fomos ate a cozinha e ele não parava de me olhar, então falei que ia ate o quarto pegar o diinheiro, ele foi atraz e perguntou onde estava meu marido, falei q estava trabalhando, ele perguntou se demorava a voltar, falei q chegava so a noite, e ele me perguntou se não tinha medo de ficar sozinha em casa, ai me virei pra ele e disse que não, ele me disse: mas uma mulher tão linda assim e fica sozinha? Dei um sorriso maroto e concordei, ele então disse que se fosse casado comigo não me deixaria sozinha nunca, se aproximou de mim fungou na minha nuca, envolvi meu braços no pescoço dele e nos beijamos, então ele me deitou na cama começou a me beijar loucamente, tirei a camisa dele, ele tirou meu maiô e o desceu ate a cintura começou a me mamar, me chamndo de linda gostosa, foi descendo a língua ate meu umbigo e terminou de tirar meu mai}o o jogando longe, começou a chupar minha xoxota bem gostoso, enfiava a língua o Maximo que podia, comecei a gemer de prazer, depois me ajoelhei no chão descia as calças dele e a cueca e vi aquele pau enorme, nunca tinha transado com uma cara tão dotado, segurava o pau dele com as duas mãos e ainda ficava com a cabeça de fora, então comecei a lamber a pontinha do pau dele e fui colocando a boca de vagar ate chupar o Maximo que podia, ele gemia me chamava de gostosa, vadia, boca de veludo, depois me levanteis voltamos a beijar loucamente, então ele me deitou na cama e ficou por cima de mim, colocou o pau na minha boca e começou a chupar a minha buceta, acabei gozando na boca dele e ele na minha, como ele estava com o pau dentro da minha boca não consegui tirar ele gozou na minha garganta e acabei engolindo tudo, ai ele levantou ficou em PE na cama e eu de joelhos, lambi todo o pau dele limpando todo o excesso de porra. Depois disso ele me deitou na cama novament, ergue minha pernas a colocando sobre os ombros dele, ai me disse que ia meter nessa buceta fogosa, ela estava toda molhada, ele colocou a cabeça e foi forçando,entrando de vagar. Ai me disse que qualquer desconforto pra mim falar q ele não enfiaria mais e iria so ate aquele ponto, pensei que por ele ser super dotado não aguentaria muito, mas ele foi enfiando ate chegar o talo, ele perguntou se tava todo bem disse q sim, ai ele me disse como você é fogosa, a primeira que aguentou tudo, perguntei quanto ele tinha de dote me disse que 22 cm, ele começou a bombar e eu a sentia batendo no fundo de minha vagina, eu gemia ele tbm, me levantou mandou eu ficar em PE de costas pra dele com o bumbum empinado e as mãos na parede, e começou a me foder de novo, chegava a bombar com tanta força que chegava à tirar meus pés do chão,. Depois de um tempo ele perguntou se podia gozar dentro de mim, falei que não queria correr o risco de engravidar pois não tomava anticoepcional, então ele me disse qu no cusinho não engravidava e me mandou ficar de 4 com o joelhos no chão e a barriga em cima da cama, pegou um gel hidratante em cima da cômoda e passou no me cusinho, segurou meus cabelos e começou a enfiar, comecei a gemer de dor e prazer logo senti o pau dele pulsando e ele gozou forte no meu cu, gozou bastante me lotou de porra, depois fomos tomar um banho, ele disse que eu era a mulher mais fogosa q ele já tinha pegado, depois se vestiu e ia indo embora, ai disse que não tinha o pagadopelo serviço pra ele esperar, então ele me disse que eu o paguei da melhor maneira possível e foi embora.

Sobre este texto

dany poscidonio

Autor:

Publicação:6 de janeiro de 2017 19:49

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Pulando a Cerca

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 06/01/2017.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*