Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

Intercâmbio no Canadá Parte 1

É muito excitante ir para outro país estudar ainda mais quando está solteira. Uma morena, olhos azuis, cabelo liso até os ombros e lábios carnudos estampado com um sorriso se refletia no espelho enquanto me arrumava e pensava nas possibilidades da viagem.
Chegando em Vancouver, a expectativa estava muito alta, mas tinha que me concentrar no que fui fazer lá: Estudar. Dei uma conferida no alojamento e claro nos gatinhos do prédio, como cheguei tarde fui logo dormir, pois amanhã cedo já tinha aula.
A universidade era linda, um super gramado as pessoas deitadas na grama e eu logo encontro a pessoa que vai me ajudar na adaptação. Quase fico sem fala ao ver o John. - Prazer Natalia! foi a única coisa que consegui responder depois de fazer cara de boba para aquele ruivo, 1,85 de altura, corpo atlético, barba por fazer e olhos verdes com uma camiseta de Jazz.
John me leva para a primeira aula do professor Emerson, quando ele entra na sala, fico toda animada. como pode ele ser tão gostoso? Loiro, olhos verdes, não dá pra saber se é muito musculoso, pois a camisa social está um pouco larga, uma voz rouca que dá arrepios e uma cara de macho que me perdi no pensamento de nós dois juntos fodendo . Não consigo me concentrar direito na aula, pois só a voz do emerson já me deixava de calcinha molhada. Ainda tinha o john que toda hora roçava no meu braço fazendo o bico do meu peito enrijecer e aparecer na camiseta branca que eu estava usando. parecia que ele fazia de propósito.
Ao término da aula dispensei o john e fui falar com o professor que me recebeu muito calorosamente e eu disse que adorei a aula, mas fiquei com algumas dúvidas e se tinha como entrar em contato com ele para sanar. Estranhamente ele me deu seu telefone e disse que podia ligar a qualquer hora.
Á noite estava sozinha, tomando um banho de banheira e pensando no professor quando comecei a imaginar que ele estava chupando os meus seios enquanto eu puxava o mamilo esquerdo depois o
direito, massageando lentamente. depois fui escorregando a mão pela barriga, seguindo o caminho da felicidade até começar a circular o clítoris bem lentamente, suavemente, puxando-o de leve de vez enquanto, minha respiração se acelerando, meu peito subindo e descendo, enquanto eu introduzia um dedo na minha boceta toda molhadinha no movimento de vai e vem, mas com a vontade pelo atrito aumentando, resolvi introduzir mais um e continuei com a massagem na parte superior da boceta tudo muito lentamente imaginando que o gostoso do professor estava ali com o pau dentro de mim e a sensação foi tão boa que resolvi imaginar que estava pagando um boquete nele e retirei a mão da boceta e introduzi na boca e comecei a chupar meus dedos em um ritmo lento inicialmente e depois mais rápido e peguei a mão que estava no seio e comecei a me masturbar de novo enquanto continuava no boquete até que comecei a sentir as ondas maravilhosas do orgasmo tomar meu corpo e ficar exausta deitada naquela banheira com a respiração acelerada indo se acalmando. Sai do banho com o propósito renovado: Quero o Emerson a qualquer custo.
Pego o telefone e ligo para o professor dizendo que sou aluna do intercâmbio e se ele poderia me ajudar com um tour na cidade já que não conheço ninguém. ele prontamente aceita o convite, mas diz que não pode ir ao alojamento, pois professores não podem ser vistos com alunas fora do campus. E a minha excitação só aumenta com essa informação.
15 minutos depois estou no bar que me explicou como chegar e ele está lá com uma camiseta branca colada no corpo mostrando os músculos que não são grandes, mas acho que dá pra contar os gominhos da barriga. Começo a salivar só de ver o rosto quadrado bem de macho alfa, a calça jeans que está usando, o volume na calça não passa despercebido e quando ele me vê chegando abre um sorriso e eu penso que é porque estou usando uma camiseta sem sutiã, shorts jeans, sandália de salto, cabelo solto, maquiagem e rebolando muito como só a brasileira sabe fazer.
Nos cumprimentamos e começamos a conversar e descobri que ele já foi ao brasil e tem excelentes recordações das brasileiras e por isso queria me conhecer e quando eu liguei ele ficou muito feliz e excitado só com a possibilidade. Sempre que podia durante a conversa eu encostava a perna na dele, tocava no ombro, passava o joelho no pau dele, olhava nos seus olhos e lambia os lábios, mostrando a minha intenção até que ele chegou no meu ouvido com aquele voz rouca que já me excita pra caralho e era notável pela camiseta os mamilos rígidos e disse: Ou você para de me deixar de pau duro ou vou te comer em cima dessa mesa. Essa foi minha deixa pra falar: Ou você me leva pra algum lugar e me fode de uma vez ou eu vou te chupar todo em cima dessa mesa. Ele deu um sorrisinho pra mim e respondeu que ficava com a primeira opção.
Fomos para a casa dele que era perto e fomos a pé, ele me contava alguma história que não conseguia prestar atenção, pois só pensava em ser devorada por ele e me lembrei do banho de banheira e abri um sorrisinho que ele me perguntou o que era enquanto abria a porta do apartamento. Quase explodindo de tesão, ele me levou pro quarto sem cerimônia e eu contei que tinha me masturbado pensando nele e o mesmo me jogou na cama, arrancou a blusa e a calça ficando só de cueca branca e começou a beliscar o meu mamilo por cima da camiseta e perguntando se eu tinha imaginado ele fazendo isso, lentamente tirou minha camiseta e abocanhou e chupou meu peito direito enquanto a mão brincava com o esquerdo, depois trocou e começou a pressionar a ereção na minha buceta por cima do short e de repente arranco-o e começou a me masturbar, mas percebeu que eu já estava toda molhada de excitação, então parou enquanto eu ofegava e começou lentamente a dar mordidas no meu pescoço, beijos intensos e retornou para os meu seios, quando de repente enfiou o dedo indicador em mim e começou a me masturbar com o polegar, estava melhor que no meu banho, com a respiração acelerada ele me perguntou se estava pronta e eu respondi que estava mais que pronta. Mal sabia eu o que estava por vir. Ele tirou da cueca nada menos que uns 22cm de pau duro e grosso, arregalei os olhos e ele sussurrou no meu ouvido: Tem certeza que está pronta? fiquei tão excitada que mordi seu ombro e quase gozei na hora, mas essa foi a deixa para ele me penetrar. Caralho, você é muito grosso disse eu e ele respondeu que eu era muito apertadinha parecia até uma virgem. Que sensação maravilhosa ser preenchida por ele até o talo e com poucos movimento minha boceta pulsava tanto que gozei. ele demorou um pouco e também foi me preenchendo de porra quentinha enquanto eu me acalmava e ele saiu de mim e ainda ficou de pau duro. Nossa, você é uma máquina? perguntei a ele. A resposta foi: Com uma fogosa de 26 anos fica difícil não ficar de pau duro, mesmo pra mim com 45 anos.
Levantando-se depois de um tempo ele me disse: vamos tomar um banho que eu quero provar suas habilidades de masturbação no banheiro. Apenas respondi: sim professor!

Para mais contos acesse: satisfazeroprazer.blogspot.com

Sobre este texto

Mia

Autor:

Publicação:16 de fevereiro de 2016 18:52

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Jovens

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 16/02/2016.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

  • claudiosorocabasp
    Postado porclaudiosorocabaspem19 de fevereiro de 2016 14:12

    Moro em sorocaba e quero conhecer mulher fogosa ou casal liberal cujo marido sinta prazer em ver a esposa comigo.
    Tenho local seguro e discreto, não cobro, sou tranquilo, culto, educado, com corpo musculoso, pele clara, cheiroso enfim pessoa de confiança
    Meu e mail é [email protected]
    Adoro longas preliminares e demoradas penetrações para vc sentir prazer e gozar gostos

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*