Conto Erotico | Historia Erótica

Publique seu texto gratuitamente!

Autores mais lidos
Loja História-Erótica
Conto erótico no isntagram
conto erotico no youtube
conto erotico no tumblr
Imagens Eróticas
Do fundo do baú

fran a puta do ensino medii

fran a puta do ensino medii
Bom galera tioxx aqui, resolvi voltar a postar, meus relatos aqui e nada melhor pra voltar do que relatar como comi a mina mais cobiçada da minha sala, Franciele uma vagabunda de 17 anos, que tem uma bundinha pequena pra media, eitos pequenos parecem uma pera, morena de cabelos lisos um pouco abaixo dos ombros simplesmente linda.
Bom eu e Franciele sempre tivemos uma amizade, por conta de eu ser quieto nas aulas ainda mais último ano e a muitas das vezes ela acaba não entendendo a matéria então eu explico pra ela e terça passada dia 11 iriamos ter prova de matemática e ela me pediu ajuda falei que a gente podia se encontrar pra estudar ela perguntou se podia ser na minha casa disse que sim.
Chegou o horário ela chego em casa e fomos estudar fomos pra área do fundo de casa onde tem uma mesa de madeira enorme lá, estudamos e depois fomos conversar estava sedo e meus pais ainda não tinham chegado, aproveitamos e tomamos um terá. Papo vem papo vai começamos a falar de sexo e nisso ela me perguntou se eu achava ela gostosa e falei que sim e na hora a safadeza falou mais alto falei que se ela me desse eu comeria, não me importando com a amizade e terminei falando que muitos falam que transa entre amigos estraga a amizade, pelo meu ponto de vista não estraga se os dois quiser vai se o calor do momento e algo da natureza humana sentir tensão nisso ela concordou e colocou a mão na minha coxa e foi subindo até pegar no meu pau como sou bem safado fui e comecei a beijar a Franciele e comecei a passar a mão nos peitos dela, falei vamos lá pro meu quarto pra ficarmos mais à-vontade ela falo ok. fomos começamos a tirar a roupa ela estava de legging preta dei uns tapas bem fortes na bunda dela antes de ela tirar a calça ela tiro a blusa fico de calcinha e sutiã ela tiro o sutiã e deito na minha cama e disse vem tirar minha calcinha com a boca, falei claro sua cachorra tirei deitei por cima dela e comecei a beijá-la e a chupá-la e fui abaixando até chegar na bucetinha dela ,enquanto eu chupava aquela bucetinha ela gemia dizendo isso vai chupa essa buceta ela é toda sua, chupa sua putinha essa cachorra, isso chupa a vagabunda da fran, ela gemia falei fica de 4 que vou arrombar essa sua bucetinha e te fazer uma verdadeira mulher hoje, ela falou isso me fode como uma verdadeira puta bate na minha bunda fode com força.
Coloquei a camisinha e coloquei bem devagar ela gemeu quando entro tudo comecei a meter com forca e a bater com vontade na bunda da Fran até ficar bem vermelha, ela gemia falava isso vai me arromba fode fode isso come essa vagabunda louco por pica vai isso fode cachorro me arromba me estrupa me rasga no meio. Fodi ela com tanta força que a bucetinha dela começou a sangrar sabe quando a mina perde a virgindade mas sabia que ela não era virgem. Enquanto ela gemia eu falava sua vadia você gosta de sentir um pau te arrombando ne safada, vou apagar esse fogo sua biscate cachorra, ela pediu pra trocar de posição deitei na cama e ela montou no meu pau e começo a cavalgar nele ela gemia pulava praticamente no meu pau, ela tentava chupar os peitos por conta do tesão ela falava isso me fode faz sua putinha gozar vai faz ela gozar ela acabou gozando porque ela perdeu completamente as forças e parou de pular isso na hora levantei ela e continuei a meter com força até gozar, gozei ela deito na cama e depois levantou e tiro a camisinha e bebeu toda a porra que tinha dentro ela ainda fico brincando um pouco com a porra na boca, ela engoliu um pouco e passou um pouco no rosto e na barriga como meu pau estava ainda meio duro ela limpou ele usando a boca, falei pra ela deitar por cima de mim e fazer um 69 pra mim chupar um pouco mais a buceta dela, aproveitei e comecei passar a mão no cuzinho dela ela me disse você quer meu cuzinho pra arrombar também eu te dou ele, soquei meu dedo no cuzinho dela e senti ele agarrar meu dedo, falei claro que vou arrombar ele, ela fico de 4 e com as mãos abriu as nadegas ela disse que não precisava de camisinha e que queira que eu gozasse dentro. Meu pau estava duro como pedra gospi bastante no cuzinho dela e comecei a meter ela gemia e gritava muito então fui pondo devagar foi um pouco difícil mais quando entro fui metendo de vagar pro cu dela se depois comecei a meter com força ela gemia gritava e começou até a chorar de dor porque começou a sangrar um pouco o cuzinho dela mas eu continuava a comer ela com força e sem dó até que gozei gozei bem forte tirei meu pau ela virou e deitou com as pernas abertas e forço pra minha porra sair vi minha porra escorrer pelo cuzinho dela. Ficamos um pouco deitados lá conversando, mas acabou dando a hora dela ir embora então ela se vestiu mas deixo a calcinha dela pra mim e falou pra mim guardar com carinho.


Bom galera esse foi o primeiro relato do retorno e como nos anteriores vou deixar meu email e numero pra quem quiser conversar, trocar fotos ideais experiências
6.7.....9.1.0.1.0.6.7.9
[email protected]
e galera eu criei um perfil no site xvideos onde lá estarei postando uns vídeos meus beleza
https://www.xvideos.com/profiles/deadsecfuck

Sobre este texto

tiodirca

Autor:

Publicação:26 de maio de 2017 13:17

Gênero literário:Contos eróticos

Tema ou assunto:Heterossexual

Compartilhe este conto erótico com seus amigos
Ainda não há estatísticas de leitura deste texto, pois ele foi publicado em 26/05/2017.

Comentários

Novo comentário

Os comentários serão moderados. Não serão aceitos comentários agressivos ao autor e/ou que divulguem sites comerciais. No campo nome só aceitaremos nome de pessoas. Se tiver interesse comercial Fale conosco para saber nossa política de publicidade.

Não há comentários até o momento. Seja o primeiro!

Deixe seu comentário abaixo

*Campos com esta marca são de preenchimento obrigatório.
*

Seu endereço de e-mail não será publicado

Mova o seu mouse para fechar essa ajuda.
*